Óleo saturado de fritura é transformado em desmoldante e sabão

Óleo saturado de fritura usado em aproximadamente 40 estabelecimentos localizados em Santo Ângelo e o óleo doméstico deixado em dois pontos de recolhimento implantados no município é transformado...

205 0

Óleo saturado de fritura usado em aproximadamente 40 estabelecimentos localizados em Santo Ângelo e o óleo doméstico deixado em dois pontos de recolhimento implantados no município é transformado em sabão artesanal e em agente desmoldante de artefatos de concreto para a construção civil. Essa transformação e trabalho de coleta é realizado pela Reco Óleo, empresa licenciada para esta atividade e com sede na cidade de Horizontina.

Recipiente localizado no Ponto de recolhimento de óleo saturado no SENAC de Santo Ângelo
Recipiente localizado no Ponto de recolhimento de óleo saturado no SENAC de Santo Ângelo

Em Santo Ângelo a rotina de recolhimento é feita no intervalo de aproximadamente 20 dias e a média mensal está em torno de 1500 a 2000 litros recolhidos todos os meses. Além de um caminhão que visita restaurantes, padarias supermercados recolhendo óleo saturado, os moradores também podem contribuir neste processo de transformação. A cada um litro de óleo de cozinha levado até o SENAC (com sede no complexo Adhara ) ou no Mini Mercado UNI, localizado na rua Universidade das Missões (próximo da URI) a pessoa tem direito a um barra de sabão feito a partir deste material.

O Engenheiro Ambiental responsável pela empresa Felipe Saviczki , explica que a empresa recolhe óleo saturado nos municípios da fronteira oeste, norte e na região das missões, “de Iraí até Uruguaiana a Reco Óleo recolhe 30 mil litros de óleo por mês, informou.

Além disso, mantém cerca de 70 pontos de entrega voluntária, nestes locais que foram implantados em escolas e supermercados, as pessoas levam o óleo doméstico na garrafa PET e ganham barras de sabão. O nome deste programa desenvolvido pela empresa Reco Óleo se chama ‘Óleo reciclado, meio ambiente preservado’ esclareceu Felipe, que na tarde de quinta-feira, dia 09, esteve em Santo Ângelo para efetuar o recolhimento de óleo e conversou conosco.

Todo esse óleo passa por um processo de transesterificação, no qual, resulta em uma parte de glicerina usada para confeccionar sabão e outra para a produção do desmoldante usado na indústria de produção de artefatos de cimento, o produto contribui para não corroer a forma e o cimento não grudar, mais ou menos como nas formas de bolo. Segundo o engenheiro ambiental o processo de transformação do óleo é semelhante ao utilizado na produção de Biodiesel.

Texto, edição e fotos – Marcos Demeneghi

 

Sabão artesanal feito com óleo saturado
Sabão artesanal feito com óleo saturado
Recolhimento de óleo de cozinha em Santo Ângelo
Recolhimento de óleo de cozinha em Santo Ângelo
Neste artigo

Participe da conversa