Pesquisa científica envolve 300 parcelas de trigo no Campus da URI

Uma pesquisa para verificar a eficácia de fungicidas na cultura do trigo esta em andamento no campo experimental da URI – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e...

947 0

Uma pesquisa para verificar a eficácia de fungicidas na cultura do trigo esta em andamento no campo experimental da URI – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões. Nesta fase do ano, estão em análise cerca de 300 parcelas plantadas com trigo, mas, a pesquisa terá continuidade e também será realizada com outras espécies, como milho e soja.

Cultura de 300 parcelas de trigo, área experimental do curso de agronomia da URI Campus de Santo Ângelo
Cultura de 300 parcelas de trigo, área experimental do curso de agronomia da URI Campus de Santo Ângelo

 

O ensaio científico tem foco no controle de fungos e o desempenho de diferentes modalidades de uso de fungicidas. O experimento também leva em conta o microclima da região e suas peculiaridades, tendo em vista a efetiva contribuição com as tecnologias aplicadas na agricultura local.

A pesquisa é feita em parceria entre os campi da URI Santo Ângelo e Santiago, está sob a coordenação da Professora Giselda Ghisleni, coordenadora do curso e o Dr. Marcelo Madalosso. Além dos professores e alunos envolvidos, contribuem com o experimento empresas nacionais e multinacionais.

Segundo a assessoria de comunicação da Universidade, o projeto de pesquisa concentra-se na avaliação de produtos químicos e biológicos. O principal objetivo é identificar estratégias e técnicas mais eficazes no sentido de minimizar o impacto de doenças futuras que possam afetar a cultura do trigo.

“Ao conduzir esses ensaios, estamos gerando informações valiosas para os produtores locais”, afirma o professor Madalosso. “Essa colaboração entre a universidade e os produtores é de suma importância para garantir a entrega de produtos que desempenharão um papel vital não apenas na região, mas também no estado e no país.”

“Estamos comprometidos em fornecer soluções práticas e aplicáveis que atendam às necessidades específicas da nossa região”, enfatiza o professor Madalosso.

O foco atual na cultura do trigo é apenas o começo. Após a conclusão dessa etapa, o curso de Agronomia da URI irá direcionar seus esforços para a cultura da soja, continuando sua pesquisa sobre fungicidas e também expandindo sua investigação para a cultura do milho, que desempenha um papel crucial na região.

32f8e3f3-439d-4d3b-976b-39e7277cd1b0 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa