“A Orla do Itaquarinchim”

Em um trecho da Travessa Guaíba, entre a Avenida Rio Grande do Sul e Rua Marechal Deodoro, a orla é cuidada e ornamentada com árvores frutíferas.

762 0

Orla do Itaquarinchim (1) (Copy)O Rio Itaquarinchim corta Santo Ângelo e percorre oito quilômetros da zona urbana. É comum ver a sua orla esquecida ou servir de depósito de lixo. No entanto, em um trecho da Travessa Guaíba, entre a Avenida Rio Grande do Sul e Rua Marechal Deodoro, a orla é cuidada e ornamentada com árvores frutíferas.
Foram os moradores daquele trecho que tiveram a iniciativa e agora também recebem ajuda da administração municipal para manter a “orla do Itaquarinchim” mais agradável, conforme disse, Nelson Machado Nascimento, que reside em frente ao local. Ele explica que ali estão plantadas árvores frutíferas que dão frutos como guabijú, butiá, araticum, guabiroba, bergamota, banana, araçá, limão e laranja. Além disso, também fazem parte daquele espaço árvores de sombra, como cinamomos, angico e a outras espécies nativas.
A foto que ilustra o Retrato Cotidiano incentiva a iniciativa destes moradores em parceria com o poder público, chama a atenção para a necessidade de preservar a orla do rio mais popular do município e que carrega consigo a história da Capital das Missões.

Horla do Itaquarinchim (1) (Copy) Horla do Itaquarinchim (2) (Copy)

 

Neste artigo

Participe da conversa