Fila quilométrica para vacinação sem sair do carro

A antecipação da campanha de vacinação contra o H1N1 e o contexto do COVID 19 alterou o cotidiano de quem resolveu tomar a vacina. Na última quinta-feira, dia...

519 0

A antecipação da campanha de vacinação contra o H1N1 e o contexto do COVID 19 alterou o cotidiano de quem resolveu tomar a vacina. Na última quinta-feira, dia 2, no município de Santo Ângelo, uma fila quilométrica de automóveis se formou rapidamente para vacinar idosos no sistema “Driv-thru”, ou seja, sem sair do carro.

Nesta edição da campanha, todas as vezes que a vacina foi disponibilizada se esgotou em poucas horas, tanto nos 17 pontos de vacinação, quanto para a modalidade “Driv-thru”.

No primeiro dia de vacinação foram 4.600 pessoas vacinadas. Na última semana, foram 2.630 e quinta-feira mais 2.900. o que totalizou 10.130 pessoas imunizadas, informou a secretaria de saúde.
“Drive-thru”

Na última quinta-feira, dia 02, o 1º Batalhão de Comunicações apoiou a Prefeitura de Santo Ângelo na campanha organizando o sistema de imunização “drive-thru”. Uma fila quilométrica chamou a atenção dos moradores, partia das proximidades do 1º BCom e seguia até a zona norte encontrando a AV. Salgado Filho e a fila chegou até a Av. Getulio Vargas, próximo ao Posto Santa Terezinha.

IMG_6612 (Copy)

Neste sistema foram vacinados 600 pessoas (idosos e os profissionais de saúde) sem saírem de seus veículos, evitando aglomerações face à pandemia de Covid-19. A vacinação estava prevista para ocorrer no período das 8 às 18 horas, mas foi encerrada às 11 horas e 20 minutos devido ao término das doses disponíveis.

Na oportunidade, o 1º B Com além de fornecer e montar toda a estrutura logística também participou da imunização por meio dos seus militares de saúde, que trabalharam junto com os agentes de saúde do município.
Porque as vacinas estão chegando em lotes?

A chegada em lotes está em função da produção das vacinas, pois, os laboratórios que fornecem não estavam programados para a antecipação da campanha, outro fator é o despertar da população, que devido ao novo vírus (covid 19) está procurando o recurso da vacina contra o H1N1 com mais intensidade.

IMG_6619 (Copy) IMG_6614 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa