Em branco na parede da Catedral

Inscrições em branco alteram a originalidade das Paredes da Catedral Angelopolitana

136 0
Inscrições em branco alteram a originalidade das Paredes da Catedral Angelopolitana - Foto: Marcos Demeneghi
Inscrições em branco alteram a originalidade das Paredes da Catedral Angelopolitana – Foto: Marcos Demeneghi

Conspurcar é um verbo que indica a ação de sujar, principalmente, algo que é precioso e deve ser conservado. Este termo não é comum e usual no cotidiano do povo, mas na literatura jurídica é facilmente encontrado, justamente na legislação que trata das pichações como a Lei nº 12.408/11.

O significado do termo foi evocado para definir o ato de rabiscar nomes nas paredes da Catedral Angelopolitana, em ambos os lados, na esquerda ou direita desta edificação, é possível observar palavras e nomes de pessoas escritos em branco. Mas este é um ato de conspurcação?

Para uma parte da população a fachada da catedral tem precioso valor, pois é uma edificação que identifica a cidade e seus habitantes. Mas, para outra parte, a importância é relativizada e manter o estado original de cores e aspecto arquitetônico não é algo tão necessário, para estes últimos, rabiscar em suas paredes parece algo comum, sem importância.

O juízo sobre o caso será determinado pelos valores de cada indivíduo, pois estamos em diferentes estágios de percepção, mas uma coisa é certa… o direito da maioria tende a prevalecer, seja por ações ostensivas de fiscalização ou até de punição em casos mais severos.

Assim seguirá a humanidade em suas teias e dilemas cotidianos, pois o convívio coletivo em um planeta com tanta diversidade cultural m, se torna a própria razão de existir, viver em sociedade se torna a maior de todas as experiências do ser.

Texto e edição | Marcos Demeneghi

Neste artigo

Participe da conversa