Escola do Distrito Sossego inaugura museu sobre a colonização italiana

Inauguração foi realizada na manhã de sábado, 11, seguida de Café de Cambona promovido pela Escola Municipal Nossa Senhora de Aparecida.

388 0

O Museu “Colhendo Memórias Rurais Italianas” foi inaugurado na manhã do sábado, 11, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida do Distrito do Sossego. A solenidade contou com as presenças do prefeito Jacques Barbosa, do vice-prefeito Bruno Hesse, do secretário municipal de Educação, Valdemir Roepke, o Nanaco, e da diretora da Escola, Débora Zimmermann da Mota.
Para o prefeito Jacques Barbosa, manter a memória das comunidades é importante para as futuras gerações e o museu servirá ainda para contar sobre a colonização italiana, com peças que hoje já não são utilizadas. “É um espaço para resgatar a história, cultuar os antepassados e disseminar os valores introduzidos pelos colonizadores”.
A ideia do museu foi apresentada por Oswaldino José Lucca, cuja família é oriunda do Rincão do Sossego. Ele destaca o espaço como histórico, artístico e cultural e contou que os objetos expostos foram recolhidos por ele com intenção de compartilhar com a comunidade. Lucca ainda abordou detalhes da história da localidade, conhecida inicialmente como Clareira da Mata e depois de Segredo, por ser o local onde os moradores escondiam seus cavalos de raça para não serem requisitados pelos revolucionários.
O museu funciona junto ao saguão da escola. Peças como trilhadeiras e jardineiras ficarão expostos na área externa da escola. O secretário Nanaco lembra que alunos de outros educandários visitarão o local para conhecer a história e compreender os aspectos sociais e econômicos da época da formação do Distrito.

68-i-Inauguração Museu-foto fernando gomes (Copy) 69-i-Inauguração Museu-foto fernando gomes (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa