Alunos da rede estadual seguem com aulas no sistema remoto até 8 de janeiro

Ainda não há definição do calendário letivo de 2021 e nas próximas semanas será divulgado o novo sistema de matrículas e rematrículas da rede pública

427 0

As aulas remotas da rede estadual de educação continuam até o dia 8 de janeiro, exceto para as escolas ou turmas que precisam recuperar dias letivos em virtude da greve dos professores. A 14ª Coordenadoria Regional de Educação prevê que, até o final de janeiro, todos os calendários sejam cumpridos e que, após o dia 8, serão realizadas apenas atividades de finalização do ano letivo.

Até o momento, não há uma data fixada para o retorno das atividades no ano de 2021. Segundo a coordenadora da 14ª CRE, Rosa Maria de Souza, o que se pretende no ano que vem, é a adoção de um modelo de ensino híbrido, ou seja, uma parte presencial e outra remota. No entanto, o contexto que se apresenta, ainda não permite este tipo de atividade, pois os decretos municipais não possibilitam que a 14ª CRE adote o sistema híbrido ainda.

A 14ª Delegacia de Educação compreende 11 Municípios: Santo Ângelo, Entre-Ijuís, Eugênio de Castro, Guarani das Missões, Vitória das Missões, Sete de Setembro, São Miguel das Missões, Ubiretama, Cerro Largo, Salvador das Missões e São Pedro do Butiá, envolvendo 11.217 alunos, 1.284 professores e funcionários.

Matriculas e rematrículas

O SEDUC – Secretaria de Educação do Estado organizou um novo sistema de gerenciamento da demanda escolar e nos próximos dias os alunos da rede receberão orientações sobre as matrículas e rematrículas, que devem seguir novos critérios técnicos de realização.

Neste artigo

Participe da conversa