Produtos da Rota Missões são expostos no Festituris em Gramado

A Rota Missões apresentou seus atrativos e roteiros turísticos na Festituris Connection Gramado RS., realizado nos dias 6 e 7 de maio na Serra Gaúcha

438 0

Fotos | Izabél Cristina Ribas

Texto e edição | Marcos Demeneghi

A Região Missioneira detém o único patrimônio histórico e cultural da humanidade no sul do Brasil e o primeiro roteiro turístico integrado entre os países do MERCOSUL. Estes diferenciais da Rota Missões foram defendidos pelo historiador e empreendedor do turismo José Roberto Oliveira durante uma palestra ocorrida no Festituris Connection Gramado RS., realizado nos dias 6 e 7 de maio na Serra Gaúcha. 

A Rota Missões apresentou seus atrativos e roteiros turísticos na tarde de sexta-feira (7/5), através de uma palestra do Historiador e Empreendedor José Roberto de Oliveira.
A Rota Missões apresentou seus atrativos e roteiros turísticos na tarde de sexta-feira (7/5), através de uma palestra do Historiador e Empreendedor José Roberto de Oliveira.

Ao vender o produto turístico missioneiro aos operadores de turismo presentes no Festituris, José Roberto Oliveira fez a seguinte provocação: “Quem quer operar no principal destino apoiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento na América do Sul?”. A fala está apoiada no trabalho do BID, que desencadeou um processo de apoio e incentivo a roteiros turísticos integrados entre os países do Mercosul, sendo a Rota Jesuítica uma das afinidades trabalhadas.

Durante a exposição, lembrou fatos históricos ocorridos como a ocupação, quase completa do território do Rio Grande do Sul pela economia Missioneira, fato que exerceu grande influência no jeito de ser do Gaúcho. Até o ano de 1768, quase todo o Rio Grande do Sul estava ocupado pelos produtos da economia Missioneira e os desdobramentos deste fenômeno possuem consequências culturais ainda presentes no povo gaúcho.

Defende ainda a tese de uma experiência única produzida pelo cristianismo na América, resultado da convergência cultural dos jesuítas europeus e dos guaranis e outros povos nativos da região. Fatos que foram reconhecidos pelos grandes pensadores da época do iluminismo, como Voltaire que chegou a mencionar como o triunfo da humanidade. Durante a sua fala, José Roberto, compartilhou a opinião destes pensadores e de como eles percebiam a economia, cultura, o sistema político das missões Jesuítico/guarani.

Frisou que foi nas missões que nasceu o primeiro estado industrial da América, foi nesta região que entraram as primeiras ovelhas, gado, cavalos, realizadas as primeiras plantações de ervais. Como consequência, os conhecidos hábitos dos gaúchos de tomar chimarrão, comer o churrasco, lidar com a criação dos animais, montar o cavalo, tem a influência dos povos missioneiros daquela época.

Além disso, foram destacados aspectos como a representatividade de Sepé Tiaraju, a herança genética e espiritual, o perfil do visitante e o que fazer nas Missões. O Festuris Connection foi realizado nos dias 6 e 7 de maio, no Hotel Master Gramado, sendo acompanhado de forma presencial e online.

Governador Eduardo Leite recebe um PIN da Cruz Missioneira
Governador Eduardo Leite recebe um PIN da Cruz Missioneira

A ROTA MISSÕES, com apoio do SEBRAE contou com um stand onde expôs o potencial turístico da região. Um grupo de empreendedores, integrantes do Comitê Gestor do Turismo Missioneiro, bem como, representantes de gestores também participaram de capacitações e seminários. Tanto de forma online, quanto presencial.

Durante o Festuris Connection, o Governador Eduardo Leite visitou o stand da Rota missões e teve encontro com o Presidente da AMM e Prefeito de São Nicolau Ricardo Klein e com o Diretor do Detur/Funmissões e Prefeito de São Miguel das Missões José Roberto.

Festituris 05 (Copy) Festituris 03 (Copy) Festituris 02 (Copy) Festituris José Roberto 2 (Copy) Festituris 07 (Copy) Festituris 06 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa