Abaixo assinado busca apoio para a implantação da graduação em medicina nas Missões

Lideranças buscam apoio popular e político para ampliar o movimento que solicita apoio a implementação de um curso de Medicina para as Missões a partir da Universidade Federal...

1328 0

Lideranças buscam apoio popular e político para ampliar o movimento que solicita apoio a implementação de um curso de Medicina para as Missões a partir da Universidade Federal da Fronteira Sul. 

Medicina nas missões 01 (Copy)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O vereador Gilberto Corazza é uma das lideranças políticas que busca apoio a essa demanda regional. Ele explica que existe uma comissão de vereadores e um Comitê Técnico, composto por lideranças de vários setores da comunidade, que estão formulando estudos sobre a possibilidade de extensão do Campus de Cerro Largo da UFFS.

Ele explica que essa demanda aguarda portaria do Governo Federal para as próximas semanas. Pois está em fase de estudo a ampliação das politicas públicas relacionadas à educação, sendo que a expansão de cursos nas universidades públicas e comunitárias é uma das pautas. O documento também deverá estabelecer a ampliação para novos campi do Instituto Federal Farroupilha (IFFAR). “A portaria irá estabelecer uma série de critérios técnicos para os novos cursos e extensões”, assinalou Gilberto.

O vereador esteve, no início desta semana, reunido com o médico Volnei Teixeira,  no exercício da titularida de prefeito, quando falou de uma audiência pública regional prevista para ocorrer no dia 9 de setembro. Quando se pretende dar amplitude à mobilização pelo curso na região.

Volnei declarou que está acompanhando esta pauta e percebe que o processo está bem encaminhado. Estamos confirmando o apoio à iniciativa. Será uma grande conquista para a região”, afirmou o prefeito em exercício.

Os interessados em participar do movimento em defesa do Curso de Medicina nas Missões, pode deixar seu abaixo-assinado online no site www.medicinanasmissoes.com.br

Neste artigo

Participe da conversa