O ‘Brique’ voltará no dia 5 de setembro

Segundo o presidente da associação, Dalmir Ledur, serão seguidas as orientações da última resolução elaborada pelo Comitê de Combate a Pandemia

257 0

A retomada total do Brique da Praça de Santo Ângelo será gradativa e sob avaliação do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus. Iniciará com 30 expositores nos dois primeiros domingos de setembro, dias 5 e 12. Após este período será feita uma nova avaliação, mas a expectativa é que no mês de novembro, deste ano, já seja possível retomar o evento com no mínimo 50 expositores.

O comitê também orienta para que sejam evitadas as aglomerações e possíveis problemas com a pandemia de Covid-19. Neste sentido, pelo menos, neste primeiro momento, será com distanciamento de no mínimo cinco metros entre cada um dos expositores e sem a realização do Show das Onze, será também suprimida a oferta de água de chimarrão e os alimentos comercializados no Brique não devem ser consumidos no local.

Este evento é dominical e realizado entre às 9h e 13h. Surgiu da iniciativa popular e consolidou-se pela promoção de interação que vai além das trocas comerciais, pois é um tradicional ponto de encontro, no qual os moradores da cidade sorvem um chimarrão enquanto passeiam entre as bancas e aproveitam para ‘bater um papo’ com os amigos e conhecidos.

Brique da Praça em Santo Ângelo - Foto Marcos Demeneghi
Brique da Praça em Santo Ângelo – Foto Marcos Demeneghi

O Brique da Praça já possui 29 anos e desde que foi criado, somente a pandemia de 2020 e 2021 interrompeu uma sequencia tão grande de encontros. Ocorre na Praça Ricardo Leônidas Ribas, que já foi apelidada de Praça do Brique e ainda onde promove shows culturais com início às 11h.

O Brique da Praça foi criado por Dalmir Ledur e sempre contou com o apoio de amigos como Clara Emília Hochegger. A pausa realizada por conta da pandemia já levou Clara Emília a declarar que toda uma geração presenciava uma experiência nunca vivenciada: “É uma experiência, acredito, única para a nossa geração e que ficará nos anais da história de cada um da entidade. Como dirigente junto com os demais integrantes, sabemos da serenidade com que todos estão enfrentando esta estranha situação. Ela declarou ainda que os expositores associados procuraram se adaptarem a nova realidade mantendo de modo individual relações com seus clientes e também nas plataformas digitais.

Neste artigo

Participe da conversa