Saibas quais são as receitas caseiras da vovó para cuidar do seu bebê!

198 0

As vovós sempre souberam de algumas receitas que ajudam na criação de todos os bebês. Muitas são lendas. Mas há uma variedade de informações neste leque que servem de exemplo e realmente funcionam, segundo a Medicina. Veja os exemplos abaixo:

Diarreia

Faça uma papinha de arroz para reidratar o bebê. Cozinhe o arroz como de costume, desligando o fogo antes que a água seque por completo Por que funciona: a papinha atua mais ou menos como o soro caseiro, feito à base de água, sal e açúcar. Também na papa entram sal e água. O açúcar fica por conta dos carboidratos do arroz Indicação: para crianças que já se alimentam com papinhas salgadas, normalmente acima dos 6 meses.

Suco de maçã contra a diarreia

Bata a fruta, sem casca e sem sementes, com água no liquidificador. Coe antes de servir. Por que funciona: a maçã contém fibra solúvel e absorve água durante o trânsito intestinal. Com isso, no processo de digestão, ela se transforma em um gel pastoso, que deixa as fezes mais espessas e reduz a velocidade da evacuação. Indicação: para crianças que já se alimentam com sucos e papinhas doces, normalmente após os 6 meses.

Calmante natural

Misture, em meio copo de água filtrada, uma colher de sobremesa de açúcar. Por que funciona: em situações de stress, o organismo libera um hormônio, a adrenalina, que estimula o metabolismo e leva a um consumo maior da glicose – cuja taxa ficará reduzida no sangue. A água com açúcar repõe a glicose perdida, proporcionando uma sensação imediata de bem-estar. Indicação: para crianças que já se alimentam com sucos, normalmente acima dos 6 meses.

Soltar o intestino

Entre 6 meses e 1 ano, basta uma colher de café. Para crianças acima de 1 ano, a dose é de uma colher de sobremesa de azeite. Por que funciona: o óleo não é absorvido pelo intestino e funciona como lubrificante da mucosa intestinal. Indicação: para crianças que já se alimentam com papinhas, normalmente acima dos 6 meses.

Contra lesões

Manda a tradição que se aplique uma compressa de gelo no local da batida. Outra opção é substituir a compressa por uma faca sem corte nem serra, pressionando-a levemente, por alguns minutos, contra o local afetado. Por que funciona: é a temperatura do gelo e da faca que faz a diferença. Com a batida, ocorre um sangramento por baixo da pele, causador do popular galo. O frio provoca uma vasoconstrição, impedindo o sangue de se acumular na região. Indicação: a partir do nascimento.

Tosse

Mel para aliviar a tosse. Funciona como xarope e pode ser misturado com folhas de guaco ou oferecido puro. Coloque uma colher de sopa de folhas de guaco, lavadas e picadas, em uma xícara de água fervente, abafando por cerca de dez minutos. Coe e adicione uma xícara de chá de açúcar cristal. Aqueça novamente, até dissolver o açúcar, e acrescente uma colher de sopa bem cheia de mel. Deixe esfriar e guarde em vidro esterilizado, seco e bem fechado. A indicação é de uma colher de chá de xarope duas vezes por dia. Por que funciona: os xaropes de mel são viscosos e sua textura ajuda a acalmar as mucosas, irritadas pelas crises de tosse. O açúcar e o mel proporcionam bem-estar, acalmando o bebê. E o guaco contém óleo volátil, resinas e cumarina, usados terapeuticamente como expectorante Indicação: a partir de 1 ano.

Dor de garganta

Basta umedecer o lenço em uma mistura de um copo de água morna com uma tampinha de álcool e prendê-lo ao pescoço do bebê (a partir de 1 ano e 6 meses).

Neste artigo

Participe da conversa