Como o volume das chuvas interfere no nível do Rio Ijuí?

O Rio Ijuí pertence à bacia do Rio Uruguai e o controle do nível de água é monitorado pela ANA - Agência Nacional de Águas. Um dos pontos...

271 1
Ponte sob o Rio Ijuí - Divisa de Santo Ângelo e Entre-Ijuís - Foto Marcos Demeneghi
Ponte sob o Rio Ijuí – Divisa de Santo Ângelo e Entre-Ijuís – Foto Marcos Demeneghi

A medição diária do Rio Ijuí na estação de telemetria localizada entre os municípios de Entre-Ijuís e Santo Ângelo mostra naquele ponto de medição, que o rio mantém o nível entre 1 e 1,5 metros. O nível ultrapassa dois metros em semanas de chuvas volumosas, em contrapartida, em períodos mais longos de estiagem como entre os meses de janeiro e abril deste ano, ele fica abaixo de um metro.

O Rio Ijuí pertence à bacia do Rio Uruguai e o controle do nível de água é monitorado pela ANA – Agência Nacional de Águas. Um dos pontos de aferição de dados é feito pela estação de medição localizada junto a ponte que divide os municípios de Santo Ângelo e Entre-Ijuís. Pelo menos uma vez por dia uma pessoa coleta os dados e alimenta o sistema. A consulta destes dados está disponível de modo público no Sistema HIDRO – Telemetria. Software que gera gráficos e relatórios relativos a vasão e nível dos Rio Monitorados.

A análise do nível do Rio Ijuí no período de um ano entre as datas de 06/2019 e 06/2020 já indica características deste afluente que faz parte da hidrografia regional. Os picos de elevação são breves e o rio tem uma vasão constante, na prática ele não permanece alterado por muito tempo, sobe nos dias de chuva e logo volta ao seu leito normal, que é abaixo de 2 metros.

A maior alta, neste período de um ano analisado, foi no dia 06/11/2019, quando atingiu 4,67 metros. Em contrapartida, no dia 26 de abril ele atingiu seu mais baixo nível 70 centímetros. (0,7m considerando o mesmo local de medição).

A elaboração deste conteúdo surge para comparar a influencia deste período mais úmido registrado nos últimos 15 dias. Como isso altera o nível do rio, tendo em vista que choveu cerca de 140 milímetros no início de junho e 42 mm em maio. Constatando assim, que a curto prazo as chuvas não determinam o aumento efetivo do volume constante do Rio Ijuí, somente chuvas mais constantes e por períodos mais longos são capazes de alterar o nível padrão.

 

Telemetria do Rio Ijuí - ANA

Neste artigo

Participe da conversa

1 comentário

  1. Claudia Responder

    Parabéns pela divulgação de informações sobre o Rio ijuí, essa matéria foi fundamental para atender a solicitação de um trabalho de pesquisa escolar. Muito Obrigado.