Cheia do Rio Ijuí exige medidas de prevenção na estação de bombeamento de água da Corsan

Técnicos da companhia usaram um barco para chegar até o equipamento e realizar vistorias e adotarem medidas de prevenção

246 0

Com chuvas acima da média histórica o Rio Ijuí alcançou a marca de 6m18cm, a maior em um período de 12 meses. No mesmo período do ano passado a medição registrava 1m40cm no mesmo ponto de observação, ou seja, na estação de telemetria de Entre-Ijuís. Cheia semelhante ocorreu no final do mês de maio de 2017 quando as precipitações meteorológicas acumularam 500 milímetros em um período de trinta dias na região e o Rio Ijuí alcançou neste mesmo local 6,5 metros. Com chuvas acima da média histórica o Rio Ijuí alcançou a marca de 6m18cm, a maior em um período de 12 meses. No mesmo período do ano passado a medição registrava 1m40cm no mesmo ponto de observação, ou seja, na estação de telemetria de Entre-Ijuís. Cheia semelhante ocorreu no final do mês de maio de 2017 quando as precipitações meteorológicas acumularam 500 milímetros em um período de trinta dias na região e o Rio Ijuí alcançou neste mesmo local 6,5 metros.

GST-Grafico_75230000_SANTO_ANGELO__20200713093502 (Copy)


ETA II da Corsan

A área onde fica a bomba de captação de água que abastece 70% da população da cidade localizada na ETA II da Corsan ficou alagada durante as chuvas do dia 10 de julho, mas não houve desabastecimento ou necessidade de parar o equipamento.

Segundo o responsável técnico pela ETA II Gelson Faccin a água ficou a 80cm do nível crítico e foram necessárias algumas medidas de prevenção e acompanhamento da situação. No entanto, também foi realizada a vedação do compartimento onde fica um exaustor que retira ar quente dos motores, evitando infiltrações de água.

A maior dificuldade nestas condições é chegar até o local e somente de barco foi possível fazer a locomoção. Pedro Waldir Ames que também é servidor da Corsan lembra que em 2009 ocorreu uma situação semelhante com relação ao nível do Rio Ijuí.

Outro episódio resgatado na linha do tempo pelo santo-angelense Cláudio Nascimento foi sobre uma das maiores cheias dos últimos 30 anos, ocorrida no ano de 1992, quando o nível do Rio Ijuí quase atingiu a ponte.

ETA II (Copy) ETA II - 2 (Copy)

Com chuvas acima da média histórica o Rio Ijuí alcançou a marca de 6m18cm, a maior em um período de 12 meses. No mesmo período do ano passado a medição registrava 1m40cm no mesmo ponto de observação, ou seja, na estação de telemetria de Entre-Ijuís. Cheia semelhante ocorreu no final do mês de maio de 2017 quando as precipitações meteorológicas acumularam 500 milímetros em um período de trinta dias na região e o Rio Ijuí alcançou neste mesmo local 6,5 metros.
Com chuvas acima da média histórica o Rio Ijuí alcançou a marca de 6m18cm, a maior em um período de 12 meses. No mesmo período do ano passado a medição registrava 1m40cm no mesmo ponto de observação, ou seja, na estação de telemetria de Entre-Ijuís. Cheia semelhante ocorreu no final do mês de maio de 2017 quando as precipitações meteorológicas acumularam 500 milímetros em um período de trinta dias na região e o Rio Ijuí alcançou neste mesmo local 6,5 metros.
Neste artigo

Participe da conversa