Som e Luz em Corpos volta às Ruínas de São Miguel

O espetáculo é realizado com o apoio da UFSM por meio de projetos de extensão com jovens de São Miguel, Santo Ângelo e das aldeias guarani Tekoá Koen’ju...

1077 0

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) vem realizando ações artístico-pedagógicas com grupos de jovens dos municípios de São Miguel das Missões e de Santo Ângelo e das aldeias guarani Tekoá Koen’ju e Tekoá Yakã Ju. Estas ações correspondem aos Projetos de Extensão “De Terra seus Corpos” e “Tekoá Arte e Vida” e dos convênios celebrados entre a UFSM e as Prefeituras de São Miguel e de Santo Ângelo, coordenados pelos professores Odailso Berté e Mônica Borba.
Nos próximos dias 27, 28 e 29 de dezembro de 2019, às 20h30min, no Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo, ocorrerão às últimas apresentações da temporada 2019 do espetáculo Som e Luz em Corpos, que é uma das ações do Projeto de Extensão “De terra seus corpos”. A formação do elenco dessa obra foi feita por meio de oficinas de dança contemporânea realizadas durante o ano de 2019, na cidade de São Miguel e na aldeia guarani Tekoá Koen’ju. As oficinas utilizaram os métodos de criação artística compartilhada, indígenas e não indígenas para estabelecer um novo encontro de culturas, no qual, foi possível trocar experiências, aprender e criar dança juntos.
A direção geral do espetáculo é de Odailso Berté e a coreografia é de Mônica Borba e Crystian Castro. O Som e Luz em Corpos foi originalmente criado em 2005, por Odailso Berté, com a extinta Cia. Sarx de Teatro-Dança, e consiste na coreografia para o texto e música do tradicional espetáculo de Som e Luz.
Os atores e bailarinos, que dão vida aos personagens, tornam a obra um macro espetáculo a céu aberto, no qual, os corpos interagem com a programação de luzes e os remanescentes arqueológicos da antiga Redução de São Miguel Arcanjo, reapresentando de forma emocionante a conhecida história missioneira com a presença dos próprios descendentes dos guaranis.

Odailso_Berte_2 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa