Colonos e motoristas: heróis

Mesmo sem motivo para comemoração neste 25 de julho, dadas as diversidades que enfrentam na sua labuta diária, principalmente de ordem financeira, os colonos e motoristas podem ser...

988 0

Mesmo sem motivo para comemoração neste 25 de julho, dadas as diversidades que enfrentam na sua labuta diária, principalmente de ordem financeira, os colonos e motoristas podem ser considerados, dentro do contexto econômico nacional, como heróis anônimos. Se as dificuldades já eram enormes desde sempre, os mesmos se recrudesceram ainda mais quando uma série de medidas governamentais, notadamente avessas aos anseios das duas categorias, foi implantada na esfera federal nos últimos anos. Atualmente, grande maioria dos produtores rurais se encontra descapitalizada e sem amparo para aumentar a produção em suas propriedades. Todo suor e sacrifício representam somente incertezas, pois o governo simplesmente ignora a agricultura como prioridade, relegando-a a segundo plano em detrimento dos pequenos e médios agricultores, que são responsáveis por mais de 70% dos alimentos que a população brasileira consome.

Já a situação dos motoristas não é nada diferente. Além das precárias condições das estradas que são obrigados a enfrentar no dia a dia, a categoria vem amargando, há muito tempo, uma gritante defasagem dos preços por frete transportado.

Não esquecemos das péssimas condições das ruas em diversas cidades brasileiras, com asfaltos de péssima qualidade e com centenas de buracos que acabam destruindo os veículos. Todo esse conjunto de fatores poderá levar à extinção de ambas classes trabalhadoras. Alguém discorda?

Neste artigo

Participe da conversa