Projeto Alquimia II – Celulares do crime a serviço da educação

Celulares apreendidos em operações policiais agora estão a serviço da educação de jovens em Santo Ângelo, na última sexta-feira, dia 10, foi iniciada a entrega dos aparelhos

302 0

Celulares apreendidos em operações policiais agora estão a serviço da educação de jovens em Santo Ângelo, na última sexta-feira, dia 10, foi iniciada a entrega dos aparelhos

Entrega simbólica à alunos no auditório da sede do Ministério Público em Santo Ângelo
Entrega simbólica à alunos no auditório da sede do Ministério Público em Santo Ângelo

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) por meio do Projeto Alquimia II fez a entrega simbólica de 10 aparelhos de celulares a jovens do ensino médio na tarde de sexta-feira, dia 10, neste ato simbólico foi iniciado o processo de entrega. Serão contemplados inicialmente alunos do Instituto Estadual de Educação Odão Felipe Pippi, Colégio Onofre Pires e Escola Técnica Estadual Getúlio Vargas.

A URI Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e Missões efetuou a restauração destes aparelhos. O Projeto Alquimia II incentiva o conserto e a destinar de smartphones apreendidos na rede prisional e em contexto de criminalidade a estudantes da rede pública de ensino que não têm recursos para acompanhar as aulas no ensino remoto, implementado pelo Estado durante a pandemia.

Segundo informações do Ministério Público, cerca de cem aparelhos foram encaminhados para a Universidade Regional Integrada (URI) do Alto Uruguai e das Missões.

Alquimia II (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa