Projeto do Canto Missioneiro foi aprovado na LIC RS

A 13ª edição do Canto Missioneiro da Música Nativa será realizada em agosto deste ano.

437 0
Foto - Fernando Gomes (arquivo)
Foto – Fernando Gomes (arquivo)

A 13ª edição do Canto Missioneiro da Música Nativa será realizada em agosto deste ano. O festival teve seu projeto aprovado e já habilitado para financiamento pelo Pró-Cultura RS LIC (Lei de Incentivo à Cultura), mecanismo de fomento indireto que oferece benefício fiscal para empresas que patrocinem os projetos culturais aprovados para captação.

A comissão organizadora do Festival já trabalha na captação dos recursos. O presidente da comissão, Marco Augusto München, informa que a abertura das inscrições tem previsão de ocorrer em maio. O lançamento das inscrições contará com show de Jorge Guedes e Família. Já a triagem está prevista para meados de julho e o anúncio das músicas selecionadas será marcado por show de Luiz Carlos Borges.

CENTRO HISTÓRICO – A 13ª edição do Canto Missioneiro e o 12º Canto Piá, deverão ocorrer no centro Histórico, em frente à Catedral Angelopolitana, entre os dias 11 e 13 de agosto. “A data escolhida pela comissão do Canto é significativa para o nosso município, pois no dia 12 de agosto se comemora o aniversário de 316 anos da Redução Jesuítica de Santo Ângelo Custódio, e o festival possibilitará celebrarmos a cultura e a arte missioneira em frente ao nosso principal ponto turístico. Com certeza, será uma bela homenagem à nossa história”, afirmou o presidente do Festival.

MASCOTE – Ação chamada “Canto Missioneiro nas Escolas” premiou estudantes, escolas e professores, pela escolha de nomes e desenhos do Mascote do Evento. Atualmente, o artista Tadeu Martins trabalha na finalização do desenho oficial, a partir da ilustração vencedora. Conforme a comissão, a ideia é utilizar a personagem para continuar as atividades nas instituições de ensino, nas visitas e ainda, na captação de recursos.

REALIZAÇÃO – Promovido pela Prefeitura de Santo Ângelo, através da Secretaria de Cultura e Esportes, o projeto do Festival foi aprovado no dia 17 de janeiro de 2022, pelo Conselho Estadual de Cultura e a produção executiva do Festival é da MK Produções Culturais e Danna Produções de Eventos.

O Canto Missioneiro de Música Nativa conta com uma Comissão Organizadora, que tem como presidente o artista Augusto München, vice-presidente Eduardo Bechorner, e os integrantes Felipe Sandri Menezes, Fábio Oliveira, Patrício Maicá, Cleber Warpechowski, Marcela Waszkiewicz, a produtora Odila Motta, e tem na coordenação geral do secretário Marco André München, e presidente de honra o prefeito Jacques Gonçalves Barbosa.

 

Neste artigo

Participe da conversa