Hidratar e alimentar o rebanho se tornou um desafio para as famílias rurais

O período de seca avança e agrava a situação de 150 famílias que trabalham na produção de leite em Santo Ângelo. Estima-se que nos últimos 30 dias a...

724 0

Chuvas no ano de 2020 em Santo Ângelo comparada a média histórica

O período de seca avança e agrava a situação de 150 famílias que trabalham na produção de leite em Santo Ângelo. Estima-se que nos últimos 30 dias a falta de chuva já contribuiu para uma redução de 40% no volume de leite produzido. As pastagens estão impróprias para garantir o alimento dos animais e hidratar o rebanho se tornou um desafio para as famílias rurais, que já contabilizam as perdas.

Além da queda na produção de leite que é estimada em 40%, o custo para manter o rebanho aumentou, pois a falta de pastagem precisa ser compensada com outros tipos de alimentos, como a silagem e a ração.

A sede dos bovinos também é um problema, pois antigas vertentes e córregos estão secos e manter os animais hidratados é um desafio para quem vive desta atividade em Santo Ângelo. Já foram abertos 60 bebedouros com o auxílio de máquinas e a Secretaria Municipal da Agricultura está monitorando o problema, 15 produtores ainda espetam o socorro da prefeitura.

Santo Ângelo está em situação de emergência, conforme um decreto assinado pelo prefeito no dia 20 de março. Ontem, dia 31, foi instalado o comitê de enfrentamento à estiagem, liderado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Agricultura.

O Coordenador do Setor de Agroindústria e Associação de Agricultores na Secretaria Municipal da Agricultura, Diomar Formenton, divulgou uma avaliação elaborada por entidades ligadas ao setor agrícola, neste texto são expostos os valores que indicam o volume de recursos geridos pelo setor leiteiro (primário) no município. No período avaliado de 30 dias, ocorreu a redução de 792.000 litros de leite, que representa uma perda de R$ 950.400,00 para o setor.

Segundo o levantamento realizado, são percebidos também, prejuízos no rebanho bovino de corte, com redução do ganho de peso corporal, baixos índices reprodutivos, bem como, no desenvolvimento dos animais.

Córrego que secou na Linha Sabiá, interior de Santo Ângelo
Córrego que secou na Linha Sabiá, interior de Santo Ângelo
Neste artigo

Participe da conversa