O cotidiano de quem pinta

Durante a exposição os visitantes poderão apreciar telas das professoras do Ateliê Arte Bonita, Lauren Perini e Neila Kruger.

84 0

Vernissage - Denancy Salvador RochaVernissage reunirá obras de pintura (óleo sobre tela) no saguão do Centro Municipal de Cultura de Santo Ângelo, será neste sábado, dia 17, entre 14 e 18 horas.
Durante a exposição os visitantes poderão apreciar telas das professoras do Ateliê Arte Bonita, Lauren Perini e Neila Kruger. Mas também as obras dos diversos alunos do ateliê. Pelo menos duas vezes por semana se reúnem para aperfeiçoar a arte da pintura.

O homenageado
Um destes expositores e praticante da pintura é Denancy Salvador Rocha que completará 89 anos de vida e será um dos homenageados durante o evento.
O ateliê Arte Bonita trabalha com pessoas de todas as faixas etárias, a partir de 6 anos. Lauren Perini destacou os benefícios da arte de pintura e lembrou do aluno homenageado que completará 89 anos. Há cerca de quatro anos Denancy Salvador Rocha pratica a pintura como forma de terapia, expressão e socialização. O homenageado enfrenta a degeneração do sistema nervoso, tem alzheimer, e mesmo assim continua ativo na pintura se expressando e socializando com os demais pintores.
A professora Lauren enumera alguns benefícios da prática cotidiana da pintura afirmando que o ambiente contribui com efeitos de terapia ocupacional.
“Ouvimos muitos alunos dizendo que não deixam de vir para a aula, pois o ambiente de expressão através da pintura promove a concentração, relaxamento e até a socialização”, afirmou a professora que defende a atividade entendendo que mais do que nunca as pessoas precisam de interação em um ambiente saudável. Os alunos são orientados individualmente e as turmas são compostas por até 10 pessoas.

Neste artigo

Participe da conversa