O direito dos animais motiva ação de panfletagem no dia mundial dedicado a eles

Ativistas realizam ato de conscientização no Dia Mundial dos Animais, 4 de outubro. Na Praça Pinheiro Machado em Santo Ângelo distribuem informações sobre a legislação vigente nas esferas...

359 0
Cristine Peixoto e Lenir Jetske
Cristine Peixoto e Lenir Jetske

Ativistas realizam ato de conscientização no Dia Mundial dos Animais, 4 de outubro. Na Praça Pinheiro Machado em Santo Ângelo distribuem informações sobre a legislação vigente nas esferas municipal, estadual e federal, divulgam os artigos e códigos que tratam sobre a proteção dos animais e reforçam a ideia de que as pessoas podem contribuir com a redução dos índices de abandono ao realizarem a adoção responsável. 


O ato voluntário em prol da causa animal foi liderado pela presidente da ONG Pé de Pano, Cristine Peixoto, que hoje possui um abrigo para cavalos que sofreram maus tratos e tem um histórico de ações para promover o bem estar dos equinos em Santo Ângelo e também por Lenir Jetske, que desde 2018 luta pela união das defensoras da causa e por mais ação do poder público no acolhimento de animais abandonados.

A presidente da ONG Pé de Pano – SOS Cavalo Cristine Peixoto, percebe que a quantidade de animais abandonados revela uma situação fora do controle. “Hoje existem 350 cachorros albergados pelo município e ainda vários protetores voluntários que adotam ou cuidam cachorros e gatos em suas residências sem nenhum apoio”, argumentou Cristine. A Pé de Pano, atualmente, alberga 14 cavalos e a presidente explica que já passaram pelos cuidados das voluntárias, 200 cavalos que sofreram maus tratos.

Lenir Jetske é uma ativista independente, mantém uma página Adote a Causa Animal Santo Ângelo e incentiva a união de todas as ONGs que trabalham neste sentido. Percebe que o trabalho de cada ONG ainda é isolado e que a legislação, poder público e voluntários poderiam qualificar o trabalho se houvesse mais união.

Em 2018 foram abandonados sete cães com menos de dois meses em no seu terreno, com aquela situação e sem o apoio do poder público, Lenir revela que percebeu o preconceito, o descaso e dificuldade de achar uma solução para o caso, desde então, percebeu que algo deve ser feito para contribuir com a causa animal e a aplicação da legislação.


O Dia Mundial dos Animais

 

A data do Dia Mundial dos Animais possui relação com o dia de São Francisco de Assis (conhecido como “protetor dos animais”). Os atos realizados no dia 4 de outubro ganharam força a partir de 1978, quando a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) criou também a Declaração Universal dos Direitos dos Animais. A declaração reforça que os animais têm direito à proteção e respeito por parte do ser humano.

A panfletagem realizada na Praça Pinheiro Macho foi um momento educativo de conscientização. Pois na opinião de Cristine Peixoto existe legislação de defesa, mas muito pouco se aplica.

Durante o ato as ativistas realizaram um brechó para auferir renda em prol da causa animal. Os recursos são utilizados para a compra de ração, insumos diversos utilizados no acolhimento dos aninais.

1633438515243 (Copy) 1633438515219 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa