Arquivo Histórico Municipal pretende incrementar o acervo

O Arquivo Histórico Municipal - Augusto Cesar Pereira dos Santos - é uma referência de pesquisa para estudiosos da região e inicia a campanha “Preserve sua História”. Por...

267 0

Secretaria de Cultura do Município lança a campanha ‘Preserve a Sua História’ e pede às famílias que possuam fotografias e documentos históricos diversos que doem ou levem até a sede do Arquivo Histórico Municipal, lá serão escaneados para compor o acervo que é considerado uma referência em pesquisa na região

Sala do acervo físico do Arquivo Histórico Municipal
Sala do acervo físico do Arquivo Histórico Municipal

O Arquivo Histórico Municipal – Augusto Cesar Pereira dos Santos – é uma referência de pesquisa para estudiosos da região e inicia a campanha “Preserve sua História”. Por meio desta campanha incentiva a doação de documentos que tenham relevância informacional como fotografias, mapas, selos, certificados, projetos arquitetônicos, cartazes, atas, livros, entre outros.

Além da possibilidade de doar documentos físicos, também é possível que este material seja escaneado e devolvido para os proprietários. O Arquivo Histórico Municipal conta com um scanner planetário, equipamento óptico usado para digitalizar livros raros e outros documentos facilmente danificados.

O esforço da equipe está em função de resgatar as memórias que ficam esparsas e guardadas em arquivos familiares. Afinal, estes materiais poderão contribuir para compreender o modo de vida da comunidade nas diversas épocas da história recente do município de Santo Ângelo.

O espaço do arquivo histórico conta com uma sala de pesquisa e outra onde é armazenado o acervo físico, que é composto por uma biblioteca com literatura de autores locais, uma fototeca, emiroteca, arquivo de documentos oficiais, mapas e plantas, apanhados de assuntos específicos e de maior busca.

1630006459098 (Copy)

 

Em duas décadas de atuação os técnicos já perceberam quais são os documentos mais requeridos e considerados fundamentais para a história, portanto, já foi iniciado um processo de digitalização de parte do acervo. Semanalmente, é feita uma postagens nos canais da Secretaria de Cultura para aproveitar este trabalho que divulga a história do município.

Curiosidades

O arquivo guarda documentos como os livros dos prefeitos desde 1906, nestes documentos os antigos intendentes, ou prefeitos, relatam todas as obras e ações realizadas em seus governos. Outros tipos de documentos muito acessados são os mapas territoriais e as plantas urbanas.

Vale ressaltar que Santa Rosa, por exemplo, veio a se emancipar de Santo Ângelo na década de 30 e mais tarde, com a constituição de 1988, houve uma avalanche de emancipações, estes livros e documentos oficiais, também contam a história do início de muitos municípios vizinhos, pois pertenciam ao território de Santo Ângelo. Por este motivo o arquivo local ganha dimensão regional.

Outra curiosidade guardada no arquivo é o livro de marcas e sinais. Ele contém símbolos que identificavam o gado. Famílias de pecuaristas faziam o registro formal deste desenho em um livro arquivado na Prefeitura. Hoje, este documento é uma fonte de pesquisa, pois registra informações das famílias, inclusive relacionadas a genealogia.

Muitas teses e dissertações feitas por pesquisadores têm como base os arquivos históricos do Município de Santo Ângelo.

Contatos

O Arquivo Histórico Municipal é vinculado a Secretaria de Cultura e Esportes do Município. E está localizado no Centro Municipal de Cultura, aberto ao público entre às 8h30min e 11h30min e das 13h30min e 17h. Também é possível agendar uma visita com separação prévia dos materiais o telefone é (55) 3312-0184 | e-mail cultura@santoangelo.rs.gov.br

Neste artigo

Participe da conversa