Ações de valorização do patrimônio Jesuítico Guarani avançam

O Grande Projeto Missões continua em ação e lideranças regionais de todos os setores articulam projetos em prol da valorização do patrimônio histórico e cultural da região missioneira....

535 0

O Grande Projeto Missões continua em ação e lideranças regionais de todos os setores articulam projetos em prol da valorização do patrimônio histórico e cultural da região missioneira.  Setores da mobilidade, educação e comunicação já tem resultados

f1 (Copy)

Na área da educação está em curso um projeto de qualificação do currículo escolar no que tange a abordagem do tema Missões Jesuítico-Guarani no Estado do RS. Esta revisão na matriz curricular está focada, principalmente no ensino fundamental, do 1º ao 9º ano.

No último dia 16 de junho, a pauta teve enfoque exclusivo e reuniu a coordenação do Grande Projeto Missões, através do Sr. Álvaro Theisen, a Sra. Nara Damião, o Deputado Estadual Gabriel Souza, presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Rodrigo Venzon, representando a Seduc/RS, Sr. Ricardo Klein e Izabel Cristina Ribas, da AMM, assim como da representação da Unisinos, através do Professor Gustavo Severo de Borba e das Coordenadorias Regionais de Educação de Santo Ângelo (14), São Luiz Gonzaga (32) e São Borja (35).

Para o articulador do projeto, Álvaro Theisen, quando o tema é abordado de modo mais qualificado no ensino, fatores históricos relevantes para a cultura regional são percebidos, até mesmo, pelas famílias que moram nas proximidades e não atribuem o devido valor a riqueza histórica do lugar.

MOBILIDADE

Está em andamento o projeto de mobilidade turística com a pavimentação das estradas de acesso aos sítios arqueológicos de São Lourenço Mártir e São João Batista, tendo em vista que, para chegar até um destes lugares atualmente, necessita viajar por estradas de terra.

O Ministério do Turismo já autorizou o repasse de R$ 3,3 milhões para o acesso da BR 285 até o sítio de São João Batista e R$ 9,6 milhões para pavimentação da estrada que liga a BR 285, até o sítio de São Lourenço Mártir.

Estes complexos arqueológicos que ficam praticamente isolados por falta de acesso, fazem parte do Parque Histórico Nacional das Missões, criado em 2009, pelo Decreto nº 6.844. Este parque abrange os patrimônios de São Miguel Arcanjo (localizado no município de São Miguel das Missões), de São Lourenço Mártir (em São Luiz Gonzaga), de São Nicolau (em São Nicolau), e o de São João Batista (em Entre-Ijuís).

Uma das representações desta mobilização não governamental tem como figura o ‘Grande Projeto Missões’, criada por Álvaro Theisen. Ele acredita que este avanço modifica os ânimos da população envolvida, pois acena positivamente e incentiva outras iniciativas rumo ao desenvolvimento do Turismo Regional.

cOMUNICAÇÃO Além destas duas ações, também já está em andamento a coleção ‘Reduções Missioneiras’. Neste primeiro volume as pessoas vão encontrar um guia de informações sobre o Sítio Arqueológico de São Lourenço Mártir. Este informativo reúne, desde conteúdos simples como a localização geográfica e telefones úteis, até,artigos científicos e de opinião que contribuem para a difusão das informações e conhecimento histórico.

COMUNICAÇÃO

Além destas duas ações, também já está em andamento a coleção ‘Reduções Missioneiras’. Neste primeiro volume as pessoas vão encontrar um guia de informações sobre o Sítio Arqueológico de São Lourenço Mártir.
Este informativo reúne, desde conteúdos simples como a localização geográfica e telefones úteis, até,artigos científicos e de opinião que contribuem para a difusão das informações e conhecimento histórico.

Neste artigo

Participe da conversa