Berço das águas do município revela uma cascata na nascente do São João

Queda d’água no Distrito de Comandai, localidade de Rincão Timbaúva é formada no curso principal do Arroio São João. A cascata é encontrada em meio a mata nativa...

522 0

Em meio à mata preservada que protege a nascente do Rio São João existe uma queda d’água pouco conhecida dos moradores de Santo Ângelo. A cascata não pode ser vista da estrada, está localizada em uma propriedade privada, portanto, chegar até lá, depende da indicação dos moradores do Rincão Timbaúva, localidade do distrito de Comandai.
Mas é ali que nasce o Rio São João, um curso hídrico de água perene que percorre cerca de 15 quilômetros na zona rural, mas que adentra a zona urbana do município e por isso, é bem conhecido dos moradores de Santo Ângelo.
A desconhecida cascata está há 200 metros da morada do casal Cleci Rosa dos Santos e Celestino Carvalho. D. Cleci indica o caminho para chegar até o lugar da queda e explica que o volume de água está mais baixo nos últimos meses.

Quedas d'água - Rio São João Comandaí (1) (Copy)

Foto - Marcos Demeneghi
Foto – Marcos Demeneghi

Ao chegar próximo da queda, houve-se a sonoridade de uma roda d’água que trabalha sem parar, e, ao chegar mais próximo o relevo do terreno revela o formato da cascata, com queda menos brusca, no entanto, mais longa, típico do conceito de cascata.

Cleci e Celestino aproveitam a geografia do lugar e a disponibilidade hídrica e mantém ativa esta roda d’água que produz força para abastecer o açude onde criam peixes para a subsistência da família. Quando os netos e filhos chegam à propriedade, aproveitam para comer um peixe frito, disse D. Cleci ao explicar a função da roda e do açude naquela propriedade rural.
Oswaldino Lucca, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Ângelo, que, alias, sugeriu retratar esta cascata, comenta que o São João, já nasce pronto e também relembra o potencial hídrico da região composta pelas localidades de Rincão do Sossego, Rincão dos Roratos, Timbaúva, Santa Rita e Olhos d’água.
Lucca alerta que são nestes lugares que estão as nascentes dos principais afluentes que cruzam o município de Santo Ângelo: Arroio São João, Itaquarinchim, São José, parte do Rio Santa Bárbara e Comandaí, portanto, a quantidade de nascentes existentes neste lugar revela o berço das águas do município.

 

Neste artigo

Participe da conversa