Caminhada internacional no coração da América do Sul

Iniciou oficialmente no último dia 17 o roteiro da Camino de las Misiones Jesuítica Guarani: Paraguay – Argentina – Brasil – com 741 Km. Os peregrinos finalizarão o...

779 0

Peregrinos iniciaram no último sábado, dia 17, a caminhada internacional pelo “Camino de las Misiones”. Durante 30 dias estas pessoas percorrem parte do território paraguaio, argentino e brasileiro. O roteiro segue os vestígios patrimoniais e culturais deixados pela cultura jesuítica guarani. O encerramento será no dia 15 de setembro em Santo Ângelo.
Ao final da caminhada o grupo será recepcionado, em Santo Ângelo, por 150 crianças vestidas de anjo. Neste dia será realizado um espetáculo de dança, protagonizado pelos bailarinos e coreógrafos que realizaram o Espetáculo Som e Luz em Corpos do Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança (LICCDA) da UFSM.
Ainda será celebrada a “Missa da Terra Sem Males”, uma celebração com forte apelo cultural, a missa se difere de celebrações tradicionais, é caracterizada pelo pedido de perdão aos povos indígenas, pelas injustiças praticadas em decorrência dos tratados territoriais.
O grupo é composto por pessoas de diversos estados Brasileiros, e pelo menos 10, completam todo o percurso. Os peregrinos são do estado de Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Rio de Janeiro.

O roteiro
Em 2018 foram realizados trajetos mais curtos em cada parte do roteiro, agora foi lançado o projeto total disponibilizando para os interessados uma caminhada internacional que envolve a Argentina, o Paraguai e o Brasil. O “Camino de las Missiones” foi lançado como roteiro oficial de turismo da América para o mundo.
O “Caminho das Missões Jesuítico-guarani” é considerado um roteiro místico/cultural de peregrinação que percorre os mesmos trajetos que ligavam os antigos povoados missioneiros e que compunham o conjunto – urbano e rural – das Missões Jesuíticas.
Permite que os participantes “façam um mergulho” na história da formação da América Latina. Anda-se pelas antigas trilhas guaranis, caminhos de padres e índios, entre arquitetura, história, florestas e campos, uma jornada de peregrinação mística, de pesquisa, lazer ou esporte. O Caminho das Missões é a integração dos Povos da Nação Missioneira, unindo os três países.

Abertura oficial
A abertura da Caminhada teve ato solene em frente à Igreja Matriz de San Ignácio Guazu, no final da tarde de sábado. A mesa de honra foi formada pelo intendente da cidade paraguaia, Carlos Afara; do prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa; Benjamim Chamorro, diretor geral de Produtos Turísticos e representante da ministra do Turismo do Paraguai, Sofia Montiel de Afara e de Olga Fischer, presidente da Câmara Paraguaia de Turismo das Misiones Jesuíticas.
Também estiveram presentes o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Puranci Barcelos; secretário municipal de Turismo de Santo Ângelo, Vando Ribeiro de Souza; a primeira-dama de Santo Ângelo, Juliana Barbosa e o deputado federal Darcísio Perondi. Marta Benatti e Romaldo Melher representaram a Operadora de Turismo Caminho das Missões.
Em seu pronunciamento, o prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa, afirmou que a Caminhada Internacional é o resgate da história das nações sul-americanas, dos guaranis, jesuítas e da própria humanidade. “Os peregrinos que daqui partem a percorrer os 750 quilômetros do chão vermelho em meio à fantástica história missioneira, ficarão marcados de forma indelével na nossa memória, como precursores de um dos maiores projetos turísticos trinacional que o mundo tomará conhecimento.”

Andamento da caminhada
Até o dia 29 deste mês, os peregrinos estarão percorrendo o território paraguaio, passando por Santa Maria de Fé, Santa Rosa de Lima, Santiago, Ayolas, San Cosme e Damian, Coronel Bogado, Fram, La Paz, Jesús, Trinidad e finalmente Bela Vista. Na Argentina, eles serão recepcionados na cidade de Córpus. No dia 30, partem para San Ignácio Mini, Loreto, Santa Ana, Cerro Azul, Mártires, Santa Maria Maior, Itacaruaré e San Javier, chegando ao Brasil no dia 5 de setembro, em Porto Xavier.
No dia 6 de setembro, seguem à Assunção do Ijuí, depois Pirapó, São Nicolau, São Luiz Gonzaga, São Lourenço, Caaró, São Miguel, Carajazinho, São João Batista, Entre-Ijuís e finalmente chegando a Santo Ângelo no dia 15.

Da preparação do peregrino
Quem pretende fazer o Caminho das Missões deve fazer uma preparação prévia, incluindo um check-up médico para evitar desagradáveis surpresas durante o trajeto. É interessante que o peregrino defina um trajeto próximo a sua casa para se preparar alguns meses antes: caminhar carregando uma mochila com aproximadamente 10% do peso do corpo, e, à medida que aumentar a resistência, ir aumentando o trajeto. No Caminho das Missões as médias de distância variam, em alguns trajetos são percorridos em torno de 32 km dia e nos demais em média 25 km dia.

Caminhada internacional das Missões 02 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa