Quarta-feira 18/04/2012

As Secas Grandes e muitas prolongadas secas ocorreram nestes últimos oitenta e três anos. A maior e que me ficou gravada na memória foi a seca de l941,...

138 0

As Secas

Grandes e muitas prolongadas secas ocorreram nestes últimos oitenta e três anos. A maior e que me ficou gravada na memória foi a seca de l941, de que tive conhecimento.Foram muitos meses sem chover.O Rio Uruguay baixoumuito. Em São Borja, a gente ia até mais do meio do rio com água pela canela. Nas ruas a poeira era intensa. Quando passava um carro levantava uma nuvem de poeira, que obrigava a gente a ir para a calçada a contrária do vento para não ser apanhado pela nuvem vermelha que levantava, aqual via-se de longe.

Nas estradas empoeiradas, no auge do calor da terra,viam-se ao longe, na linha do horizonte,linhas de água imainária , igual à miagem, que desapareciam, quando se chegava perto.

À noite, também, viam, no forte do calor, longe, no alto da coxília, levantar bolas de fogo, que diziam ser “o Boi Tatá”. Segundo consta, nada mais era que gazesde gordura de uma rez que havia morrido nocampo,e que como calor levantava do chão.

Os crédulos diziam que era uma assombração de “alguma alma penada” de alguém que havia morrido nesse lugar…

A seca atual é, pelo menos, si não for igual, em duração e intensidade, é mais sentida, devido aos calçameeentos e muitos prédios construidos na área urbana, com menor arborização e gramados.Parece que do asfalto levanta um bafo quente…

A queda da produção agrícola e pastoril, se faz mais sentir para alimentação humana e de animais porque a mesma é maior e há mais necessidade de alimento e de exportação agrícola para o Estado ter mais divisas. Sendo que a população toda é mais dependente dela.

Naquele ano de 1941 também faltou até sal na cidade e no interior, para o uso humano e de animais. Na atual seca que já perdura seis meses, já muito semelhante àquela, caminha-se muito adentro do rio Uruguai passando por pedras aparecendo, sem se molhar.

O rio baixou mais de dois metros de seu leito normal. Urge a prefeitura tomar providências para proteger as nascentes dos rios e riachos, principalmente do Taquarinchin, para não ficarmos de repente desabastecidos de água potável.

Em São Paulo e em Minas Gerais, conforme o Globo Rural, há casos em que os proprietários das terras adjacentes são pagos para cuidar das nascentes, cercando-as e arborizando-as.

Urge que sigamos esses exemplos…pois, nossas sangas e óleos d´agua estão quase secando e desaparecendo… Terminou o verão e veio o outono com tudo ainda seco.

Neste artigo

Participe da conversa