Obras da Rua 25 de julho serão realizadas em três etapas

O investimento é superior a R$ 1 milhão, com contratações de empresas pelo Governo Municipal e pela Corsan com recursos do Fundo de Gestão Compartilhada e projeto desenvolvido...

916 0
Rua 25 de Julho em Santo Ângelo - Esquina com a Marechal Floriano
Rua 25 de Julho em Santo Ângelo – Esquina com a Marechal Floriano

Para resolver problemas de saneamento básico serão iniciadas obras no Calçadão de Santo Ângelo, inclusive no trecho entre a Antunes Ribas e Marques do Herval. A ordem de serviço já está assinada (1º junho) e o prazo de conclusão é de 90 dias. Portanto, aquele tradicional espaço urbano passara por transformações, as vagas de estacionamento serão ampliadas, receberá nova iluminação pública e um novo projeto de urbanismo foi desenhado.

A primeira etapa de obras da Rua 25 de Julho consiste na remoção da pavimentação e calçadas, árvores e floreiras. A segunda na substituição das redes de água esgoto e, por fim, a construção da nova rede de drenagem pluvial, para melhoria e ampliação da via, mobiliários urbanos e iluminação pública.

Os moradores e comerciantes foram orientados a respeito dos transtornos que serão registrados durante as obras, como poeira, movimentação de maquinário, barulho e suspensão de circulação de pedestres e veículos.

Segundo a assessoria de impressa da prefeitura também receberam orientações sobre a necessidade de revisão nos seus ramais de ligação à rede pluvial e de esgotamento sanitário. As conexões irregulares ligadas à rede pluvial ou de esgotamento sanitárias serão desativadas. A responsabilidade em providenciar a adequação ao novo sistema é do proprietário, garantindo uma destinação correta do esgoto sanitário e das águas pluviais, evitando incômodos e multa.

O projeto está sendo trabalhado de forma conjunta pelas secretarias municipais de Planejamento Urbano e Habitação e Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Corsan. O início será no trecho entre a ruas Marechal Floriano e Marquês do Herval e o segundo da Marquês até a Antunes Ribas, quando estiver mais próximo de iniciar a obra no segundo trecho os moradores afetados também serão chamados para orientações e informações. O investimento estimado é de R$ 1 milhão, proveniente do Fundo de Gestão Compartilhada.

Neste artigo

Participe da conversa