O Mensageiro celebra 25 anos de jornalismo impresso

O Mensageiro completou 25 anos em fevereiro de 2022 e nesta quarta-feira, dia 16, junto com o lançamento da Revista Mulheres Desta Terra, comemora o seu aniversário. Uma...

702 1

Logo 25 anos 2

O Mensageiro completou 25 anos em fevereiro de 2022 e nesta quarta-feira, dia 16, junto com o lançamento da Revista Mulheres Desta Terra, comemora o seu aniversário. Uma história composta por 2381 edições de jornais impressos, editorias de notícias, artigos científicos e de opinião, destaque de personalidades, notas de utilidade pública e muito mais. A criação de revistas iniciou há 20 anos, neste período já foram lançadas 64 edições com circulação dirigida 

A História do Jornal O Mensageiro iniciou em fevereiro de 1997, quando oito empresários se reuniram com a ideia de criar um novo impresso de notícias em Santo Ângelo. Foi desta reunião entre Arlindo Diel, Sinélio Vargas, Irineu Valmor Radünz, Pedro Reus Ribeiro Nardes, José Hermes do Nascimento, Milton Piltz, Carlos Luis Lunardi e João Ghellar que surgiu a frase “A Realidade dos Fatos”, a missão era criar um jornal para divulgar informações menos polarizadas politicamente. O Mesangeiro se consolidou e até hoje se mantem na cena comunicativa do Município de Santo Ângelo.

Arlindo Diel pode ser considerado um entusiasta, pois até o ano de 2018 foi um dos poucos daquela reunião que perseverou e continuou a liderar processos no Mensageiro, deixou um legado de 21 anos para comunicação local. No ano de 2018, O Mensageiro passou a ser de propriedade do Cerimonialista e Jornalista Amauri Lírio, que atualmente gerencia o processo de produção de conteúdo em nova fase.

Amauri Lírio se destacou nesta história com a criação de produtos no Mensageiro, revistas, catálogos, cadernos especiais e desde 2011 já atuava como administrador do processo produtivo. Mas a marca registrada de Lírio no Mensageiro sempre foi a coluna BS Magazine, criada 5 de novembro de 2011, uma referência em jornalismo social na região e no Rio Grande do Sul. Tanto que, no dia 30 de abril de 2016 a coluna é editada com novo projeto gráfico que compõe uma revista semanal com temas de moda, sociedade e opinião.

O antigo proprietário, Arlindo Diel relembra informações sobre o início das atividades e o grupo de trabalho que atuou nos primeiros anos de fundação. “Começamos o Jornal O Mensageiro na esquina das ruas Bento Gonçalves e Marechal Floriano. Tínhamos Flavio Bechler, o Flavião, como jornalista responsável e editor-chefe. Na redação, Danton Michel Mousquer, Itamar Luiz Stadlober e Tarso Weber. As páginas sociais eram produzidas por Elisângela Hesse e Norberto Gauer. O fotógrafo era Vinícius Garcia”, recorda Arlindo.

Depois do primeiro endereço, o Jornal O Mensageiro mudou para a Rua 15 de Novembro, mais tarde, para o Comercial Adhara. No ano de 2004, Arlindo Diel fundou a Gráfica e Editora Adhara, embora seja uma empresa independente do jornal, desde a sua fundação é a prestadora dos serviços de impressão para as revistas, cadernos e edições semanais do Mensageiro e de Amauri Lírio Cerimonial e Comunicação.

Depois do Comercial Adhara, o jornal foi transferido para a Avenida Brasil, onde permaneceu até o dia 13 de setembro de 2021. Nesta última data, o jornal já era de propriedade de Amauri Lírio, contudo, o escritório foi transferido para o atual endereço, localizado na Rua Tiradentes, 690.

Ao longo de 25 anos O Mensageiro sempre contou com um fiel grupo de colunistas, destacadas personalidades que contribuíram e ainda contribuem com a pluralidade das opiniões e emprestam sua sagacidade para este veículo: Artur Hamerski, Edmir Machado (Sherlock), Antonio Rousselet, Raul Moreau, André Ruschel, Cesar Ifarraguirre, Adão Lago Pinto, Renato Tobias, Leilanie Silva, Sergio Sparta, Dinalva Agissé Alves de Souza, Marianita Ortaça e Bruna Bassani, Jonatan Ferreira, entre outros.

Muitos jornalistas já passaram por este veículo, uma história consolidada com a contribuição de muitas pessoas talentosas, entre eles: Flávio Bechler, Itamar Stadtlober, Tarso Weber, Danton Michael Mousquer, Vanessa Sampaio, Fábio De la Rue, Tiaraju Goldschmidt, Daison Laurence Wobeto, Rodrigo Bergslaithener, Edna Lautert.

Atualmente a editoria de notícias conta com o trabalho do Jornalista Marcos Demeneghi que lidera a confecção de matérias diárias e conteúdos especiais. Além das principais notícias da semana, que também estão no Mensageiro, levamos aos leitores um caderno focado em temas de bem estar, que é o “Viver Bem”.

O setor comercial tem contribuição de Josiane Kraus, que faz a ponte e abre espaço para o anúncio e divulgação das marcas. Importantes parceiros do Mensageiro, empresas e prestadores de serviços, que contribuem para manutenção desta história de 25 anos.

Edição | Marcos Demeneghi

Neste artigo

Participe da conversa

1 comentário

  1. SEBASTIÃO HILARIO LOPES Responder

    Em tempo de eleição para prefeito , Morava na região o maior fazendeiro dos pampas, o homem possuidor de muitos hectares de terras produtivas colhias tonelada de grãos e tinha muitas cabeças de gado maquinas agricola mas, não sabia assinar o nome dele.
    e todos deram apoio este fasendeiro , “DOM JUCA” par ser o prefeito. ela gostou. Mandaram fazer uma placa escrita assim: Votem no Dom Juca para prefeito. Os inimigos foram ate a placa e escreveram em cima ” NãO” e ficou assim: Não votem no DOM JUCA PARAPREFEITO, os picha sacos foi e contaram ao dom Juca. Ele falou assim; Voces vão lá escrevem em baixo : PRA VER O QUE ACONTECE. era desse jeito que benonne fez muita gente rir e ate mudar de vida.