Departamento de trânsito instala semáforo “inteligente”

Está em funcionamento o semáforo “inteligente” instalado no cruzamento da Rua Marechal Floriano com a Avenida Brasil que proporciona mais fluidez no trânsito e mais segurança aos motoristas.

570 0

Sistema integra o Programa Inova Santo Ângelo e promete recursos que alteram o temporizador conforme o fluxo de veículos

2-i-Melhorias na sinaleira-foto fernando gomes (Copy)

Está em funcionamento o semáforo “inteligente” instalado no cruzamento da Rua Marechal Floriano com a Avenida Brasil que proporciona mais fluidez no trânsito e mais segurança aos motoristas.

O sistema utiliza sensores eletromagnéticos sobre a pista que analisam os dados do tráfego no cruzamento e altera automaticamente o tempo de cada sinal. Ou seja, a intensidade de tráfego das vias será automática, por meio da leitura dos sensores que determinarão o tempo de abertura ou fechamento do sinal.

O prefeito Jacques Barbosa afirmou que o semáforo é mais uma ação do Governo Municipal no contexto dos programas Cidades Inteligentes e Inova Santo Ângelo, que modernizam a cidade. “Estamos transformando Santo Ângelo em uma cidade mais moderna, investindo em tecnologia para enriquecer a vida dos moradores, melhorando a infraestrutura, modernizando serviços, aperfeiçoando a acessibilidade, impulsionando a sustentabilidade e acelerando o desenvolvimento econômico”, pontuou.

Gerson Fernando Rodrigues, diretor Municipal de Trânsito, responsável pela Coordenadoria de Mobilidade Urbana (CMU), acompanhou a instalação do equipamento que irá adaptar às condições de trânsito em tempo real, por meio de um sistema de sensores eletromagnéticos instalados no asfalto para a coleta de dados. Esses dados são analisados por um sistema de controle computadorizado e, a partir daí, há uma variação na temporização das luzes, para que o semáforo as mude de forma sincronizada. “Os semáforos inteligentes são sistemas autossuficientes capazes de entender os fluxos de veículos, aumentando ou diminuindo o tempo de cada sinal, garantindo mais agilidade no trânsito.”, explicou o diretor.

Segundo Gerson, o investimento é de R$ 50 mil e o projeto é instalar em outros semáforos o mesmo sistema. “Vamos avaliar esta experiência para estender o sistema para outros cruzamentos da cidade”, afirmou.

O SEMÁFORO “INTELIGENTE”

Um semáforo inteligente funciona como um modelo tradicional, com luzes em LED, vermelhas, amarelas e verdes. Esses modelos tradicionais têm um controle que permite estabelecer temporização analisando questões como a variação do fluxo de carros da via, congestionamentos e outros fenômenos que interferem na circulação. O que um semáforo inteligente tem de diferente é que ele é capaz de se adaptar às condições de trânsito em tempo real.

“A adoção de semáforos inteligentes, de maneira geral promove maior qualidade na circulação viária. Há estudos feitos no Brasil que apontam melhorias em torno de 20% a 30% no fluxo de tráfego”, concluiu Gerson.

Neste artigo

Participe da conversa