Comissão avaliará o futuro do Estacionamento Rotativo

Em audiência pública realizada na manhã de quinta-feira, dia 7, na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, decidiu-se criar uma comissão composta pelo Poder Executivo, Legislativo e entidades,...

500 0

Em audiência pública realizada na manhã de quinta-feira, dia 7, na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, decidiu-se criar uma comissão composta pelo Poder Executivo, Legislativo e entidades, a fim de elaborar sugestões que devem compor o novo edital de concessão do estacionamento rotativo em Santo Ângelo. O grupo deve redigir um memorial descritivo para aprimorar as reivindicações

Estacionamento rotativo (9) (Copy)

O diálogo proposto entre Poder Executivo, legislativo, entidades do município foi solicitada pelo vereador Maurício Loureiro. A reunião teve como base um Projeto de Lei do Vereador Vando Ribeiro, que pede a revogação da Lei Municipal 3552/2001, que institui o estacionamento rotativo. A aprovação da matéria extinguiria a cobrança no município.

Conduzida pelo presidente da Casa Legislativa, Nader Awad, a reunião teve a participação do prefeito Jacques Barbosa, do presidente do Sindilojas Missões Gilberto Aiolfi, do diretor do DMT, Gerson Rodrigues, e representando a ACISA, Luis Clóvis Machado da Rocha, e dos vereadores Maurício Loureiro, Vando Ribeiro, Márcio Antunes, Nivaldo Langer de Moura, Nérison de Abreu e Rodrigo Flores, além de empresários e representantes de conselhos municipais.

O prefeito Jacques Barbosa respondeu questionamentos, acolheu sugestões e sugeriu a criação de uma comissão para avaliar as mudanças necessárias. Desde modo será realizado um memorial descritivo, a fim de buscar a reformulação do próximo edital de licitação para o estacionamento rotativo.

Empresários manifestaram sobre a importância do estacionamento rotativo para o comércio e visitantes, mas também relataram a necessidade de melhorar o serviço. Loureiro, proponente da Audiência Pública, pontuou “Este é um assunto polêmico e que envolve a economia do município, por isso é imprescindível estudar e avaliar o melhor caminho. Com certeza a criação de um grupo que preza pelo desenvolvimento do município vai contribuir, e muito, para encontrar e efetivar as mudanças necessárias no estacionamento rotativo”, destacou.

Para o presidente Nader, a discussão foi importante para alinhar as reivindicações da comunidade com as possibilidades de trabalho e encaminhamento do Poder Público. “É preciso verificar o que podemos fazer para melhorar o serviço oferecido à população. Com diálogo, todos os segmentos saem ganhando”, afirmou.

 

Neste artigo

Participe da conversa