Chapa única concorre às eleições da Subseccional OAB – Santo Ângelo

As eleições para presidência da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional de Santo Ângelo, serão realizadas no dia 22 de novembro de modo on-line. A chapa...

379 0

As eleições para presidência da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional de Santo Ângelo, serão realizadas no dia 22 de novembro de modo on-line. A chapa “Voz da Advocacia” tem como candidata a presidente a advogada Luciana Claudete Meirelles Correia e como vice-presidente, José Ricardo Margutti 

Stefano Heineck Brasil, Lisiane Brum de Almeida, Luciana Claudete Meirelles Correia, José Ricardo Margutti e Simone Gass da Silveira

Stefano Heineck Brasil, Lisiane Brum de Almeida, Luciana Claudete Meirelles Correia, José Ricardo Margutti e Simone Gass da Silveira

As Eleições da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil (2021) serão realizadas no dia 22 de novembro. O prazo de inscrição para candidaturas encerrou no dia 22 deste mês e na Subseccional de Santo Ângelo, uma única chapa concorre. Neste ano (2021), o pleito será totalmente on-line e os advogados também escolhem quem deve presidir a ordem estadual (Seccional).

‘A Voz da Advocacia’ foi a única chapa que apresentou a candidatura na Subseccional de Santo Ângelo e apoia em âmbito estadual a chapa da situação ‘OAB Mais’ que tem como candidato a presidência, Leonardo Lamachia, que inclusive estará, neste sábado, dia 30, às 11h, em Santo Ângelo para uma conversa informal com os advogados no espaço reservado do Arena Grill.

A chapa “A Voz da Advocacia” que concorre em Santo Ângelo é encabeçada pela candidata a presidenta, Luciana Claudete Meirelles Correia; vice-presidente, José Ricardo Margutti; tesoureiro, Stefano Heineck Brasil; secretária geral, Lisiane Brum de Almeida; secretária adjunta, Simone Gass da Silveira e Conselheira Seccional Suplente Lêda Regina Moraes Roberto.

Além de dar continuidade a gestão anterior, a chapa pretende trabalhar para a reclassificação da subseccional da OAB de Santo Ângelo para Grande Porte, a fim de ganhar mais autonomia financeira com repasses da seccional, qualificando ainda mais o apoio a classe dos advogados.

Claudete Meirelles esclarece que é necessário apoiar aos advogados no processo de inclusão digital e ainda montar uma infraestrutura de telecomunicação na sede local da OAB. Entre as prioridades ela destaca a criação de uma sala aparelhada que favoreça a sustentação oral e as audiências virtuais.

Além disso a advogada lembra que 80% dos processos ainda não foram digitalizados e percebe a necessidade de dialogar com o Poder judiciário em busca de uma solução definitiva, pois a classe percebe a necessidade de avançar na digitalização destes processos.

O candidato a vice-presidente na chapa, José Ricardo Margutti, considera importante que os colegas advogados façam a atualização cadastral para evitar transtornos no momento da votação que ocorrerá no dia 22 de novembro. “É necessário acessar o sistema, fazer a atualização cadastral para ter acesso à senha que permitirá exercer o direito ao voto” disse Margutti ao lembrar que o voto é obrigatório.

Neste artigo

Participe da conversa