Bastidores

394 0

Eleições 2014
Os pré-candidatos estão na rua buscando apoio entre seus pares para sagrarem-se candidatos das suas respectivas legendas. Mas para isso, é necessário respeitar alguns prazos emitidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sendo eles:
Eleições – O primeiro turno acontece em 5 de outubro. Caso candidatos a presidente e governador não alcancem a maioria absoluta dos votos neste dia, haverá segundo turno em 26 de outubro. As eleições são sempre aos domingos.
Convenções – As convenções para a escolha dos candidatos devem ocorrer de 10 a 30 de junho. As emissoras de rádio e TV estão proibidas de transmitir programas apresentados por candidato escolhido em convenção.
Registro e propaganda – Os pedidos de registros dos candidatos devem ser feitos, pelos partidos ou coligações, até o dia 5 de julho de 2014. No dia seguinte, passa a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet (desde que não paga), entre outras formas.
Prestação de contas – De 28 de julho a 2 de agosto, os partidos políticos, os comitês financeiros e os candidatos devem enviar à Justiça Eleitoral o primeiro relatório discriminado dos recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral e dos gastos quem tiverem realizado.
Em 6 de agosto, a Justiça Eleitoral divulgará este primeiro relatório na internet. De 28 de agosto a 2 de setembro os partidos políticos, os comitês financeiros e os candidatos têm de enviar o segundo relatório, que será disponibilizado pela Justiça Eleitoral em 6 de setembro. Até 4 de novembro, os candidatos, inclusive a vice e os suplentes, comitês financeiros e partidos políticos têm de encaminhar à Justiça Eleitoral as prestações de contas referentes ao primeiro turno. A exceção é para os candidatos que concorreram no segundo turno das eleições. Estes devem prestar contas até 25 de novembro.
Diplomação – Os candidatos eleitos serão diplomados até 19 de dezembro de 2014. O TSE diploma o presidente da República e os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) são os responsáveis pela diplomação dos governadores, deputados e senadores do seu respectivo Estado.

Merece aplauso
O projeto de lei protocolado pelo vereador Arlindo Diel (Democratas) que dispõem sobre a criação de um Fundo Municipal de Apoio à Implantação do Sistema Cicloviário (FMASC) e instituí seu Conselho Gestor na Capital das Missões é um grande avanço para nossa cidade no que tange à mobilidade urbana e preservação do meio ambiente. Sem dúvidas, merece aplausos.

Merece uma vaia
Pessoas que estacionam carros em passeios públicos merecem uma grande vaia. Usam a calçada como estacionamento. Esses merecem uma grande vaia.

Mudando de assunto
Parabéns ao vereador André Marques que passou a comandar as ações da Secretaria de Habitação de Santo Ângelo. É uma pessoa preparada, ética e com disposição para auxiliar a população.

Neste artigo

Participe da conversa