Bastidores

276 0

Taxistas santo-angelenses
Foi protocolado recentemente um projeto de lei na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, tendo como proponente o vereador Nader Hassan Awad (PDT) que visa à uniformização dos taxistas que trabalham junto aos pontos da Estação Rodoviária e no Aeroporto Regional da Capital das Missões. Segundo o projeto, os profissionais devem estar trajados com camisa pólo ou camisa social de manga longa. Ainda de acordo com o texto proposto a medida é necessária para que haja uma diferenciação com relação aos demais colegas de categoria.
Alguns defendem a utilização desta medida, até por sermos uma cidade turística e assim os motoristas ficariam padronizados no melhor estilo “padrão Fifa”. Entretanto, muitas pessoas, inclusive profissionais do volante, dizem que isto acabaria onerando os motoristas e criando atritos entre a classe, já que esta medida em Santo Ângelo, não estaria englobando todos os motoristas, desta forma, diferenciando uns dos outros. Na Capital do Estado, a medida gerou controvérsias, sendo alvo de reportagem da RBS TV, onde muitos taxistas se posicionaram contra por acharem à medida excludente e onerosa.
Polêmicas a parte, o importante é que os taxistas de Santo Ângelo continuem realizando um bom trabalho neste importante oficio.   

Merece aplauso
A Semana do Meio Ambiente do município que será aberta oficialmente no próximo domingo, dia 1°, merece os nossos aplausos. Um momento de refletirmos sobre como estamos ajudando a preservar nosso meio ambiente. Que esta seja uma campanha exitosa de plena conscientização.

Merece uma vaia
A escadaria da Catedral Angelopolitana está pedindo socorro. Diversos pontos do local estão com as pedras caindo e apresentam as pedras quebradas e lascadas. Isso é fruto de finais de semana em que pessoas de bicicleta e skate utilizam o espaço para manobras. Um local tão bonito sofrendo este tipo de depredação.

Mudando de assunto
Amanhã, dia 29, ocorre o 1° Encontro Regional Família Acolhedora: “Desafios e Possibilidades”. O Programa Família Acolhedora foi instituído pela Prefeitura de Santo Ângelo, sendo coordenado pela Secretaria de Assistência Social Trabalho e Cidadania de Santo Ângelo, tendo como parceiros o Juizado Regional da Infância e Juventude, Ministério Público, COMDICA, Conselho Tutelar e entidades da rede protetiva do município. O projeto tem por objetivo cadastrar, habilitar, preparar e acompanhar famílias da comunidade para o acolhimento familiar provisório de crianças ou adolescentes em situações de vulnerabilidades.
O evento acontece no auditório do prédio 13 da URI campus de Santo Ângelo com início às 9h até às 16h. Participe!

Neste artigo

Participe da conversa