As lições do presente e os desafios do futuro

A Fenamilho Internacional, 19ª edição, encerrou no último domingo e contabilizou um público de 93.800 pessoas. A pesquisa de satisfação com os expositores e o público, bem como,...

162 0

Bruno Hesse (1) (Copy)Bruno Hesse acredita que é possível aprender com o processo de realização da feira e enumera algumas lições como:

“A Fenamilho demonstrou a capacidade de ser um evento agregador, onde podemos discutir assuntos de interesse regional.”
A fala é construída levando em conta os encontros realizados no Centro de Convenções Iglenho Burtet, ele cita o dia do suíno que envolveu pessoas interessadas de toda a Região Noroeste, o dia de campo para mostrar os cultivares de milho na área experimental, a discussão sobre as rodovias Estaduais, o seminário sobre turismo, entre outros encontros que contribuíram para o sucesso da Fenamilho.

“Os expositores cumpriram com seu papel e os objetivos neste quesito, foram 100% cumpridos.”
Bruno Hesse avaliou que os estandes e espaços foram todos ocupados pelos expositores, que de um modo geral, contribuíram para que o parque estivesse acolhedor e bem organizado.
Bruno comenta que “o valor de comercialização da soja, que estava desvalorizada durante o período da fenamilho, pode ter interferido no volume de negócios no setor do agronegócio, no entanto, ele conta sua impressão ao conversar com os expositores “sentimos que havia um contentamento geral dos expositores, inclusive, 82 deles, demonstraram a intenção de fechamento de contrato para a próxima Fenamilho, um dos expositores voltou para casa antes do término da feira, porque, vendeu todo o estoque de produtos, disse Bruno ao conar detalhes administrativos da Fenamilho.

“Está na hora de revitalizar o Parque de Exposições Siegfried Ritter.”
Esta afirmativa é seguida de ítens como o projeto de engenharia elétrica do parque, a necessidade de continuar a obra de cercamento, a reforma e readequação dos pavilhões, entre outras.
O presidente reconhece que a falta de cercamento do Parque de Exposições é um problema que deve ser enfrentado com urgência.
“A transição política e mudanças na Lei de Incentivo à Cultura interferiram na redução do volume de recursos para o projeto cultural.”
Bruno Hesse explica que, para esta edição da Fenamilho, foi arrecadado um montante bem inferior para organizar as atrações culturais. “Foram apenas 180 mil, enquanto que, para a 18ª edição foi captado R$ 500”. Mesmo assim, ele demonstra que a feira cumpriu com o propósito.
Embora a feira tenha contabilizado mais de 90 mil visitantes, o presidente acredita que o número ficou abaixo do esperado. Ele enumera fatores como a chuva, limitação de verba para contratar atrações mais populares, e, até mesmo, a quantidade de pessoas que entrou no parque sem serem contabilizadas, concluíndo que isso pode ter interferido nos resultados.

“A oferta gastronômica foi diversificada e o público foi bem atendido nesta área.”
A variedade de opções gastronômicas foi um ponto destacado pelo presidente nesta edição, tanto as etnias, quanto os demais investidores que adquiriram os espaços na feira ofertaram opções para o público.

Neste artigo

Participe da conversa