Sábado 25/02/2012

Revisemos hoje alguns erros mais comuns da língua portuguesa. Uma frase como – pesou os “pró” e os “contra” do texto publicado no jornal acerca do desfile carnavalesco...

392 0

Revisemos hoje alguns erros mais comuns da língua portuguesa. Uma frase como – pesou os “pró” e os “contra” do texto publicado no jornal acerca do desfile carnavalesco vindouro – contém dois erros. As palavras “pró” e “contra”, como todas as demais, quando substantivadas, têm plural. A frase em tela, para ser correta também nessas palavras, deve apresentar esta escrita: pesou os “prós” e os “contras” do texto publicado no jornal acerca do desfile carnavalesco vindouro.

As palavras “fora”, “não” e “sim”, além de todas as demais, uma vez substantivadas, têm plural, devem ser pluralizadas – João levou dois foras da Joana. João considerou os nãos de Joana. João sonha com os sins de Joana. João quer de Joana não os foras e os nãos, mas os sins.

Esta frase – a obra custará R$ 1,45 milhões – est á incorreta. Um número vai ao plural somente a partir de duas unidades. Abaixo de dois, portanto, fica no singular. A frase mostrada, para ser correta, tanto na fala quanto na escrita, deve ser dita deste jeito: a obra custará R$ 1,45 milhão. A leitura por extenso da frase é esta: a obra custará um milhão, quatrocentos e quarenta e cinco mil reais. Outra frase errada – o dólar foi cotado a 1,76 reais. Frase certa é – o dólar foi cotado a 1,76 real. Outra frase errada – aquele município tem 0,8 habitantes por quilômetro quadrado. Frase certa é – aquele município tem 0,8 habitante por quilômetro quadrado.

Outra frase errada – há naquele bairro 1,7 habitantes por quadra. Frase certa é – há naquele bairro 1,7 habitante por quadra. Para acertar o singular e o plural dos números, vale isto: olhar o número singular ou plural antes da vírgula. O número antes da vírgula dá o singular e o plural corretos: o dólar foi cotado a 1,99 real; o dólar foi cotado a 2,0 reais. Etc.

Uma frase com este dizer – as uvas custam 10 real – contém erro, pois a moeda tem número singular e plural. A frase, para ser correta, deve ser – as uvas custam 10 reais. Outras frases corretas: o abacaxi custa 1 real; as maçãs custam 2 reais; o pedaço do bolo custa 1 real; os três melões custam 10 reais. Esta frase – o termômetro marcou zero graus em muitos países europeus neste ano – tem erro na palavra “graus”. É bom marcar bem isto: zero é sempre singular. A frase, para ser correta, deve ser dita assim: o termômetro marcou zero grau em muitos países europeus neste ano. É correto, então, dizer e escrever – zero grau, zero hora, zero desfile e caminhão zero-quilômetro.

Saltam nesta frase – perdi o meu óculo na sala de aula – três erros: “o”, “meu” e “óculo”. A palavra “óculos” é plural. É usada tão só no plural. Por isso as palavras que a acompanham devem também ser flexionadas. Assim, a frase para ser correta deve receber esta forma: perdi os meus óculos. Eis mais estas frases corretas: o colega comprou óculos de grau; chegou a hora de ele trocar os óculos; muitos veranistas usam óculos escuros.

E aqui vão mais estas cinco palavras que só se usam no plural: parabéns, pêsames, ciúmes, férias e patins – meus pêsames, meus parabéns, meus ciúmes, minhas férias e meus patins. Há muitas outras: núpcias, exéquias, Minas Gerais, Andes, Estados Unidos…

Neste artigo

Participe da conversa