Sábado 19/05/12

Meu tocaio no primeiro nome, Artur da Távola, diz que um dia lindo é um dia… lendo. Concordo. Mil vezes melhor é passar as horas dos dias, inclusive...

390 0

Meu tocaio no primeiro nome, Artur da Távola, diz que um dia lindo é um dia… lendo. Concordo. Mil vezes melhor é passar as horas dos dias, inclusive as dos domingos, lendo que vendo inúmeros programas bobos nos canais de televisão. As leituras de bons livros são tesouros raros. Adubam, fertilizam, alargam e aprofundam a razão, a emoção e a imaginação dos leitores. Os domínios vocabulares e os meios de partilhar cabeça e coração, ou seja, ideias e sentimentos. Adolescentes, jovens e adultos leitores fazem diferença imensurável tanto no serem humanos quanto no terem conhecimentos. São mais polidos e valorizados. Espelham mais conteúdos e formas no falar e no escrever. Revelam mais e melhor quem são e o que têm. Mostram que são mais livres e independentes e mais amplos e profundos em saberes construtivos. Aos adultos, especialmente aos adolescentes e jovens, pois estes são tesouros inigualáveis neste e para este planeta, servem, na certa, estas palavras: mil vezes melhor que encher a cara de trago e droga é encher a cabeça com leituras.

Estudantes universitários perguntam-me se leio e quantos livros li neste ano. Respondo-lhes que leio muito. Nesses quatro meses e meio li estes quatorze livros que, por valerem leitura e tempo, recomendo-os: Para ler literatura como um professor [Thomas Foster, 271 pp.]; Todo o mundo tem dúvidas, inclusive você [Édison de Oliveira, 206 pp.]; Redação – manual de sobrevivência para concursos e vestibulares [Juarez Nogueira, 110 pp.]; Manual de redação jurídica e língua portuguesa para a OAB [Darlan Barroso, 125 pp.]; Nova ortografia integrada [Adalberto Kaspary, 149 pp.]; O caçador de pipas [Khaled Hosseini, 365 pp.]; A onda verde [Monteiro Lobato, 128 pp.]; Ideias de jeca tatu [Monteiro Lobato, 258 pp.]; O livro do peregrino [Carlos Nejar, 161 pp.]; O adiantado da hora [Carlos Heitor Cony, 217 pp.]; O autêntico evangelho de Jesus [Geza Vermes, 488 pp.]; Perdoa a ti mesmo [Anselm Grün, 126 pp.]; Transforme seu medo [Anselm Grün, 126 pp.]; Seu balde está cheio? [Tom Rath e Donaldo Clifton, 120 pp.].

Neste artigo

Participe da conversa