Quarta-feira 09/11/2011

Clube GaúchoO Clube Gaúcho foi fundado no longínquo ano de 1902. Seu primeiro presidente foi o Juiz de Direito Augusto Leonardo Guarita. Sua sede se instalou no Chalé...

549 0

Clube Gaúcho
O Clube Gaúcho foi fundado no longínquo ano de 1902. Seu primeiro presidente foi o Juiz de Direito Augusto Leonardo Guarita. Sua sede se instalou no Chalé doado por Antônio Gomes Pinheiro Machado, onde hoje está o colégio Onofre Pires. Seus bailes se realizavam no salão da “Bailanta do Nenê Gerunto”, na rua Antunes Ribas, gentilmente locada ao clube. Em 1902 recebeu por doação o terreno da esquina da rua Marquês do Herval com a Bento Gonçalves, onde foi construída sua sede. Para tanto, comprou mais terrenos nas suas adjacências, sendo o último adquirido da Loja Maçônica.
Em 1918, mais ou menos, o construtor prático Gildo Castellarin iniciou a construção de sua sede social, sendo concluída em 1922, pelo então presidente Bráulio Oliveira. Esta sede serviu ao clube até 1962, que pela expansão do quadro social e ao grande desenvolvimento da cidade, exigiu a construção de uma sede nova, mais ampla e moderna. A diretoria de então pediu ao meu irmão, Engenheiro José Carlos Rousselet, que realizasse um projeto moderno e futurista que condizesse com o desenvolvimento da entidade e da cidade.
Este após queimar muita pestana, apresentou um projeto inédito e muito avançado para a época acessorado pelo desenhista prático Léo Rockembach. Sua fachada foi inspirada numa revista inglesa de construção e arquitetura. Tendo como detalhes de seu projeto sua bela e inédita fachada, construção em forma circular ou redonda, entrada subterrânea para a cozinha, desde a calçada. Sua pista circular de danças, com as mesas em roda, fixas, em planos sucessivos, colocadas de tal maneira que todas ficassem de frente para o salão, tendo visão completa de todo o salão. O tablado de dança, circular, foi construído sobre molas de trem, permitindo sua oscilação (inspirado no assoalho de um salão ao interior de Três de Maio). Foi projetado a execução de um prata acústico, junto da orquestra, colocado de tal maneira para que este levasse o som para o meio do salão, audível para os que dançavam, permitindo aos circundantes que pudessem conversar, com um som não estridente, mas ameno. Esta parte do projeto que foi concluída em seus finalmente pela construtora Medaglia, não foi executada, tornando a acústica do salão muito estridente
Pronto o projeto o seu orçamento foi o mesmo aprovado pela Assembleia Geral dos Sócios. Tendo o economista Ivanoff calculado a inflação, dividido o seu valor para ser transformado em cotas, para serem vendidas aos associados.
Demolido o velho casarão, e iniciada a construção da nova sede, sob a direção do Engenheiro José Carlos Rousselet, esta teve do parar porque o orçamento estourou devido à inflação galopante que se abateu sobre o país. Emitiram novos títulos com nova chamada de capital entre os sócios. A construção foi reiniciada. Nova parada por falta de dinheiro, mais adiante. Outros tantos títulos foram emitidos, abrindo a sociedade para um bem maior número de sócios.
Reiniciada a construção, quando esta estava quase concluída, o Engenheiro José Carlos Rousselet teve de ir de muda para Porto Alegre para participar junto com uma firma de construção americana do projeto e execução da Usina de Passo Real. Tendo que abandonar a conclusão da construção da sede do clube, a diretoria contratou a construtora Medaglia para concluir os arremates, tendo esta alterado detalhes da construção como a não execução do prato acústico para o direcionamento do som.
Por este motivo, aparece a construtora Medaglia, como construtor do prédio concluído em 1967, erradamente constado em ata da sociedade.
Este projeto e construção executados pelo Engenheiro José Carlos Rousselet tiveram grande repercução nos meios sociais do Rio Grande do Sul, pelo seu arrojo e ineditismo na época. Apenas o Clube de Giruá realizou projeto semelhante, também pelo mesmo Engenheiro José Carlos Rousselet.
Essa é a historia da construção da nova e atual sede do Clube Gaúcho, que tão bem até aqui serviu e vem servindo a sociedade Santo-Angelense.

Neste artigo

Participe da conversa