Recolhidas 32 toneladas de lixo eletrônico

Essa foi a primeira edição no ano da Campanha de Recolhimento do Lixo Eletrônico e a comunidade teve a possibilidade de descartar corretamente, materiais como monitores de computadores,...

517 0

Lixo eletrônico (1) (Copy)A Campanha do Lixo Eletrônico recolheu cerca de 32 toneladas de materiais eletrônicos. Essa foi à primeira edição da campanha neste ano e aconteceu durante o sábado, dia 16, na Praça Leônidas Ribas.
Ao longo do dia foram recolhidos eletrônicos entre monitores de computadores, televisores, telefones celulares, câmeras fotográficas, entre outros equipamentos.
Segundo o presidente do Sindilojas Missões, Gilberto Aiolfi, este tipo de iniciativa colabora para mobilizar a sociedade ao descarte correto do material eletrônico.
“É preciso ter consciência da importância de não só gerar e recolher esse material, mas de dar um destino correto a ele”, afirma.
Além disso, o secretário municipal do meio ambiente, Francisco Medeiros, fala sobre o impacto desse material na natureza, pois possui substâncias químicas em suas composições que contaminam o solo e a água, além de demorar muito tempo para se decompor.
“Ações como essa e a colaboração da empresa Natusomos visa aliviar a carga e o impacto ambiental do município que vem a somar com a educação ambiental”, relata Francisco.
Promovida pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SeMMA), com a parceria do Sistema FecomércioRS, por meio do SESC e SENAC, na qual o Sindilojas Missões faz parte, e cooperação do Exército Brasileiro, brigada militar, Movimento de Cursilho, Lions Clube Santo Ângelo Tiaraju, URI Santo Ângelo, entre outras entidades, além de voluntários.

Neste artigo

Participe da conversa