Natal pleno de sol e calor em Santo Ângelo

As Extremosas florescem em dezembro e janeiro e lembram que o Natal e o verão chegaram nas Missões

114 0

Extremosa (4)Rústicas, coloridas, tolerantes a seca, possuem raízes superficiais e alcançam no máximo seis metros de altura. As floradas brancas, púrpuras e rosas da Lagerstroemia indica, popularmente conhecida como, rosedá, extremosa, escumílha ou Árvore-de-júpiter, indicam que o verão iniciou e o Natal está chegando. De fato o verão iniciou na última quinta-feira, dia 21 e estas árvores nativas da Índia e China quando plantadas nas Missões também ornamentam a época de Natal.

Na Av. Brasil em Santo Ângelo elas estão no passeio público em vários pontos, um deles é em frente a sede da Receita Federal, lá encontramos 17 árvores desta espécie. Entre a Av. Getúlio Vargas e XV de Novembro, também observamos o colorido das Extremosas em vários tons.
Celebramos o natal na mesma época que as Extremosas florescem em Santo Ângelo, mesmo assim, usamos pinheirinhos e outros ornamentos como toucas, meias e luvas que lembram o Natal gelado dos Norte-Americanos.

No outono/inverno as folhas desta espécie de árvore ficam avermelhadas e caem, revelando outro espetáculo de cores e de movimento da natureza em nossa cidade.
Em Santo Ângelo elas poderiam ser consideradas “Árvores de Natal”. Ornamentam naturalmente nossas residências e passeios públicos. Lembrando que o Natal Missioneiro é pleno de sol e calor.

Neste artigo

Participe da conversa