O “Lar da Menina” atua em Santo Ângelo desde 1947

O Lar da Menina existe em Santo Ângelo desde dezembro de 1947. Juridicamente constituída como uma organização sem fins lucrativos já recebeu três denominações ao longo desses quase...

139 0

O Lar da Menina existe em Santo Ângelo desde dezembro de 1947. Juridicamente constituída como uma organização sem fins lucrativos já recebeu três denominações ao longo desses quase 73 anos. O primeiro deles, Escola de Artes e Ofícios Casa da Criança (1947), depois, Lar da Menina (1966) e por fim, Centro de Formação São José (1999). Mas a função sempre foi suprir necessidades de amparo de meninas, principalmente em situações em que a família não tinha condições de atendê-las, por este motivo, os santo-angelenses continuam chamando de “Lar da Menina”.

Nome: Centro de Formação São José – Lar da Menina - Endereço: Rua Marechal Floriano, 2522, Santo Ângelo, RS - Telefone: 0xx (55) 3312 2413 ou (55) 981201959
Nome: Centro de Formação São José – Lar da Menina – Endereço: Rua Marechal Floriano, 2522, Santo Ângelo, RS – Telefone: 0xx (55) 3312 2413 ou (55) 981201959

Excepcionalmente as atividades regulares do Lar da Menina estão suspensas devido às medidas de afastamento social decorrentes da pandemia de Covid-19, mas quando em atividade o lugar é frequentado por 100 meninas na faixa etária de 4 à 14 anos. No turno inverso da escola contam com o apoio do “Lar” em atividades complementares como reforço escolar, aulas de iniciação musical, artesanato, brincadeiras, autonomia pessoal etc.

Além das atividades de desenvolvimento pessoal e formação para a vida, recebem apoio material como refeições, pois são servidos no lar, café e lanche da manhã, almoço e lanche da tarde. A comunidade também faz doações de roupas, móveis e utensílios, que eventualmente podem ajudar as famílias dessas jovens nas necessidades mais básicas.

A assistente social Márcia Nardão Martin enfatiza que o Lar da Menina faz história em Santo Ângelo graças ao voluntariado de muitas pessoas. No inicio, além de uma diretoria independente, contava com a direção interna liderada pela congregação católica das “Filhas do Sagrado Coração de Jesus”, mas desde 2008 passou a ser administrado por uma nova direção interna, no entanto, continua contando com a liderança de uma diretoria externa que trabalha para manter esta organização solidária ativa.

O Lar da Menina é uma das instituições de Santo Ângelo que compõe a rede de apoio a criança e ao adolescente. As meninas que frequentam este espaço são indicadas pelo Conselho Tutelar, Assistência Social, Juizado da Criança e Adolescente, Secretaria Municipal de Educação, entre outras instituições envolvidas no trabalho com jovens e crianças. Eles detectam a necessidade de envolver essas meninas em atividades complementares e fazem o encaminhamento.

O Lar da Menina tem sede própria e localizada na Rua Marechal Floriano, 2522 Bairro: Centro Norte, está construída em uma área de 890 m², mas atualmente parte das instalações são alugadas para terceiros para complementar a renda do lar e cumprir com a folha de pagamento, pois trabalham profissionalmente na organização 4 instrutoras; 1 assistente social diretora; 1 psicóloga; 1 secretária; 1 cozinheira; 2 serviços gerais e 1 jardineiro.

É possível colaborar realizando um depósito direto na conta do Centro de Formação São José (Lar da Menina)- Ag Banrisul 0370 C/C 06.038.071.0-9. Ou ainda por meio da conta do Rugindo do Bem – depósito para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente Ag- 0370 C/C 06.110.573.0-3 .


O Centro de Formação São José, se mantém com:

  • Contribuição dos sócios, campanha do Rugido do Bem (destinação do imposto de renda), verbas que entram dos brechós, chás beneficentes e eventos culturais. Comercialização de materiais recicláveis, aluguéis de imóveis, campanha da Nota Fiscal Gaúcha, locação de salas para eventos, cursos e palestras, contribuições espontâneas da comunidade. Participação em editais do COMDICA para projetos (fundo municipal da criança e do adolescente).
  • Cabe ainda ressaltar que contamos com convênios com: Prefeitura Municipal, Juizado Especial Criminal, Justiça Federal e a Receita Federal. Parceria com as Universidades, a URI (colabora com profissionais que realizam estágios e projetos na entidade, dinâmicas de grupo com estagiários do curso de Psicologia, Educação Física e Pedagogia, e palestras de prevenção e o IESA , Universidade Anhanguera com estagiários do curso de Serviço Social, Instituto Federal Farroupilha.

DIRETORIA EXECUTIVA – 2019/2020

Presidente: Ilmo Vicente Seffrin
Vice presidente: Geslaine Guarani
1° diretor secretario: Vera Regina Paz Jagielski
2° diretor secretario: Ledjane Moller Frank
1° diretor financeiro: Marco Antonio Acker
2° diretor financeiro: Elpidio Sidnei Tosatto
Diretor de patrimônio: Telmo Guarani
Diretor social: Lucir Vignatti e Renato Schorr
Conselho de administração;
1- Jose Vanderlei Pinto
2- Leo Mousquer
3- Ernani Minetto
4- Nadia Bonato
Conselho Fiscal
1- Beatriz Muller Zborowski
2- Normali Iven
3- Tânia Marisa Debacco
Conselho Fiscal Suplente
1- Paula Silva
2- Valide KUnkel
3- Fernanda Both

ESTRUTURA FÍSICA DA INSTITUIÇÃO
Uma sala de TV
Um refeitório
Uma copa
Uma cozinha/ despensa
Um auditório
Uma área coberta
Uma quadra de esportes
Um parque infantil
Cinco salas de aula
Uma sala de atendimento psicológico
Uma sala de oficinas
Uma sala de direção da assistente social
Uma sala de professores
Uma lavanderia
Uma ala de higiene
Seis banheiros individuais
Um banheiro coletivo
Uma biblioteca
Uma secretaria
Dois depósitos/material de uso comum
Duas salas brechó
Uma rouparia

Assistente social e Diretora: Márcia Nardão Martin
Assistente social e Diretora: Márcia Nardão Martin
Vice-diretora Social - Geslaine Guarani
Vice-diretora Social – Geslaine Guarani

IMG_7815 (Copy) IMG_7811 (Copy)

 

Neste artigo

Participe da conversa