Exército fiscaliza veículos na ERS 344

Operação Fronteira Sul 2017 é desencadeada em todas as regiões fronteiriças do Estado do Rio Grande do Sul. A ação foi deflagrada pelo Comando Militar do Sul e...

192 0

Operação Flornteira Sul do Exército (3)Soldados do Exército montam pontos de bloqueio na ERS 344 e realizam vistorias em veículos de carga e de passeio com vistas a coibir ilícitos transfronteiços e ambientais. As atividades estão inseridas na “Operação Fronteira Sul”. Na última quinta-feira, dia 30, mais de 25 homens do 1º Batalhão de Comunicações (1º B Com) se localizaram junto ao pelotão da Polícia Rodoviária Estadual e montaram uma base com sistema de comunicação e ainda foram utilizados 10 veículos do exército para efetivar o trabalho.

Área de atuação
O Exército está atuando com varias equipes e pontos de bloqueio em toda a fronteira do Rio Grande do Sul, desde Barra do Guarita na região de Frederico Westphalen até o Chuí, no Estremo Sul do Estado. As ações da Operação Fronteira Sul foram deflagradas pelo comando Militar do Sul e coordenado em nossa região pela 3ª Divisão de Exército (3ª DE) com base em Santa Maria.
Os militares do 1º Batalhão de Comunicações (1º B Com) estão desde o último dia 21 de novembro realizando este trabalho e não tem previsão para encerramento. Os bloqueios de fiscalizações são realizados em rodovias federais e estaduais das áreas de fronteira de todo o estado e não tem ponto fixo.
O Programa de Proteção Integrada de Fronteira foi instituído pelo Decreto Presidencial nº 8.903, de 16 de novembro de 2016, para fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços.
No corrente ano, o 1º B Com, além de realizar a estruturação do sistema de consciência situacional da 3ª DE, também está inserido no contexto operacional da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, realizando ações efetivas nas principais vias de passagem da Região das Missões, dentro do seu setor de proteção integrada, em coordenação com os órgãos de segurança pública e agências de fiscalização. As atividades são coordenadas pelo Sistema de Comando e Controle da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), visando à coordenação da Operação Fronteira Sul 2017.

Neste artigo

Participe da conversa