A Polícia Federal usará drones para coibir e fiscalizar crimes eleitorais

Esses equipamentos possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entrega de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta...

238 0
Policial Federal simula e faz testes de fiscalização com o auxílio de Drone na Delegacia de Santo Ângelo
Policial Federal simula e faz testes de fiscalização com o auxílio de Drone na Delegacia de Santo Ângelo – Fotos: Marcos Demeneghi

No dia 15 de novembro uma nova ferramenta será utilizada para ampliar a visão dos agentes da Polícia Federal de Santo Ângelo, um drone auxiliara na fiscalização de crimes eleitorais durante o pleito que deve escolher prefeitos e vereadores.

Na última terça-feira, dia 27, foi realizada um exercício de simulação e testes do equipamento no estacionamento e no pátio da sede da delegacia da Polícia Federal em Santo Ângelo. Segundo a Delegada, Gabriela Madrid Aquino, a ação possibilitará a fiscalização de crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores no dia da votação.

Gabriela Madrid Aquino explica que a Polícia Federal adota o uso deste tipo de equipamento em outras investigações e operações realizadas. No entanto, com a proximidade das eleições municipais a instituição proporcionou treinamento para agentes e disponibilizou os drones que vão auxiliar na fiscalização eleitoral em todas as delegacias regionais do Estado do Rio Grande do Sul.

Esta tática poderá facilitar a ação dos policiais federais nos flagrantes, principalmente no dia das eleições. Na opinião da Delegada o equipamento de alta tecnologia permite rapidez de deslocamento e discrição na fiscalização. Cinco inquéritos eleitorais já estão em andamento, segundo adiantou a delegada, todos dentro de uma normalidade para a época.

IMG_9573 (Copy) IMG_9578 (Copy)

 

Neste artigo

Participe da conversa