Mais de dez mil santo-angelenses devem ser vacinados em Campanha contra o Sarampo

Dia D será no dia 30 deste mês, data de encerramento desta segunda etapa

461 0

A Campanha Nacional de vacinação contra o sarampo 2019 já está em sua segunda etapa. Essa fase será realizada até 30 de novembro tendo como meta imunizar o público jovem na faixa etária entre 20 e 29 anos. Em Santo Ângelo, são 10.188 jovens que devem se vacinar.

De acordo com Juliana da Rosa, coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, esta campanha será seletiva baseada na avaliação da caderneta de vacinação para verificação da situação vacinal para o sarampo.

A situação epidemiológica em Santo Ângelo é de dez casos notificados de sarampo e todos descartados. A cobertura vacinal até o dia D de alcançou 90% para a vacina tríplice viral para crianças de um ano de idade.

Na segunda-feira, 18, primeiro dia da segunda etapa, foram verificadas 220 carteiras de vacinação e aplicadas 70 doses da vacina tríplice viral na faixa etária de 20 a 29 anos.

LOCAIS

As salas de vacinas funcionam nos seguintes dias e horários: ESF do Bairro Rogowski: segunda, quarta e quinta (das 13h30min às 16h30min); ESF do Bairro Subuski: segunda e quarta (das 7h30min às 11h30min); ESF do Bairro São Carlos: terça e quinta (das 7 às 12 horas); ESF do bairro Nova: todos os dias (das 7h30min às 11h30min); ESF do Bairro Garibaldi Carrera Machado (Indubras): sexta-feira (das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 16 horas); ESF do Bairro União: todos os dias (das 7h30min às 12 horas); Secretaria Municipal de Saúde: todos os dias (das 7 às 12 horas e das 13h30min às 17h30min) e Centro Social Urbano do Bairro Pippi: todos os dias (das 7 às 12 horas e das 13h30min às 16 horas).

No Dia D, em 30 de novembro, as seguintes unidades estarão abertas das 8 às 17 horas: Secretaria Municipal de Saúde; Centro Social urbano; Posto Ernesto Nascimento Sobrinho (22 de Março) e ESF do bairro Nova.

SARAMPO

O Sarampo é uma doença infecciosa aguda,transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, particularmente em crianças desnutridas e menores de cinco anos de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias.

Os sinais e sintomas são febre, manchas vermelhas no corpo, tosse, coriza e olhos avermelhados e inchados.

Para a prevenção do sarampo o programa nacional e imunizações dispõem da vacina tríplice viral aplicada a partir dos seis meses e com um ano e a tetraviral a partir de um ano e três meses.

Esta vacina ainda pode ser feita até os 49 anos de idade. Os cidadãos podem procurar a sala de vacinas mais próxima de sua residência com a caderneta de vacinação para verificar se precisa aplicar uma ou duas doses da vacina.

12-Sarampo-foto fernando gomes (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa