Banco de Sangue do HSA registra baixo estoque neste verão

Os baixos estoques estão preocupando o Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo, já que, neste período geralmente há ampliação da demanda por sangue devido ao aumento do...

310 0

Neste verão, os baixos estoques estão preocupando o Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo. De acordo com a coordenadora do setor, enfermeira Marta Perim Motta, neste período geralmente há ampliação da demanda por sangue devido ao aumento do número de acidentes.
“Ao mesmo tempo em que aumenta a demanda ocorre o inverso: há redução das doações. Todos os anos, nesta época de maior festividade verificamos uma diminuição do número de doadores”, conta Marta.
A enfermeira salienta a importância da sensibilização das pessoas para a doação de sangue. “Precisamos mais uma vez do apoio da nossa comunidade para ampliar os estoques de todos os tipos sanguíneos. Esse gesto pode salvar vidas.”
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
As pessoas interessadas podem fazer a doação no Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo que fica na Rua Antônio Manoel. O atendimento é das 7h às 12h30min de segunda a sábado. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3313 2000.
QUEM PODE DOAR
O doador precisar estar em bom estado de saúde e idade entre 16 a 69 anos de idade, pesar no mínimo 50 quilos e ter dormido no mínimo seis horas na noite anterior. No caso de menores de 16 e 17 anos, eles devem ir ao Banco de Sangue com o responsável legal para autorização do procedimento. Os doadores precisam se alimentar antes da doação, mas devem evitar produtos gordurosos. Também não deve fumar duas horas antes da doação e evitar ingestão de álcool por 24 horas.
Para doar é necessário apresentar documento de identidade original com foto atual, emitido por órgão oficial.
QUEM NÃO PODE DOAR
Não pode doar sangue quem teve doença sexualmente transmissível; quem teve hepatite após 10 anos de idade; sintomas de gripe ou diarreia nos últimos sete dias; fez tatuagem nos últimos 12 meses; procedimentos odontológicos de 1 a 30 dias antes de doar; cirurgias de 3 a 12 meses e conforme o procedimento poderá ficar definitivamente inapto; uso de determinados tipos de medicamentos; vacinas quatro semanas após a última dose.
Durante a gravidez, a doação de sangue não é recomendada. Após o nascimento do bebê, a mulher pode doar sangue 90 dias depois, em caso de parto normal, ou 180 dias em caso de cesariana. A mulher que estiver amamentando deve aguardar 12 meses após o parto para estar apta a doar sangue.
Portadores de diabetes tipo I e diabetes tipo II estão estritamente proibidos de doar sangue.
Para quem foi submetido a cirurgias de pequeno e médio portes, o recomendado é aguardar 3 meses para doar sangue. Já quem passou por uma cirurgia de grande porte, o prazo é de 6 a 12 meses.
Após qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc), o ideal é aguardar 6 meses para doar sangue.
Se você fez extração dentária ou tratamento de canal, o ideal é aguardar 7 dias para doar sangue. Já se houve uma cirurgia odontológica com anestesia geral, a doação de sangue só será permitida após 4 semanas.

WhatsApp Image 2019-12-27 at 12.43.06ok (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa