Na fila da vacina

A antecipação no calendário da segunda dose da vacinação proporcionou a imunização de cerca de 1300 santo-angelenses com a AstraZeneca, somente na manhã de sexta-feira, dia 16

231 0
Fila para a segunda dose da vacina contra codid-19  AstraZeneca no CTG Os Legalistas - Foto: Marcos Demeneghi
Fila para a segunda dose da vacina contra Covid-19 AstraZeneca no CTG Os Legalistas – Foto: Marcos Demeneghi

A antecipação no calendário da segunda dose da vacinação contra covid-19 em 14 dias, anunciada pelo estado e município, proporcionou a imunização de cerca de 1300 santo-angelenses com a AstraZeneca, somente na manhã de sexta-feira, dia 16. Por conta disso, formou-se uma longa fila no quarteirão do CTG – Os Legalistas em Santo Ângelo e hoje pela manhã, dia 17, serão aplicadas mais 1000 doses, totalizando 2300.

Trata-se de uma parcela da população que já havia iniciado o esquema e aplicada a primeira dose do imunizante AstraZeneca, com agenda inicial para o dia 7 de agosto. A decisão de antecipar a vacina foi tomada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com representantes do Estado e Municípios, com isso o Governo reduziu de 12 para 10 semanas o intervalo entre a dose 1 e a dose 2 das vacinas AstraZeneca e da Pfizer, segundo a nota, para garantir melhor resposta à variante Delta. Pois, já foram detectados dois casos suspeitos desta cepa no Estado e, segundo os cientistas, é preciso reforçar a vacinação contra essa variante.

A aplicação continua neste sábado, dia 17, com aplicação para este mesmo público que tomou a primeira dose da AstraZeneca e tinha agendada a segunda dose até o dia 7 de agosto.

O secretário de Saúde de Santo Ângelo explicou que a expectativa era vacinar até 1200 pessoas na sexta-feira. No entanto, a maioria não quis deixar para sábado, o que ocasionou uma intensa movimentação. Por volta das 10h30min ainda chegavam pessoas e a fila fazia a volta no quarteirão alcançando a Rua 22 de Março. Diante da procura, um servidor público precisou ser acionado para avisar a população que chegava no final da fila sobre o encerramento da ação e a retomada neste sábado, a partir das 8h no mesmo local, como já estava programado. Mesmo com a intensa procura e movimentação a população relatou esperar cerca de uma hora e trinta minutos na fila e consideraram o tempo bem razoável, dentro do esperado.

A parcela da população imunizada com a primeira dose da AstraZeneca e Pfizer que possui agendada a segunda dose após o dia 8 de agosto, deve ficar atenta ao novo calendário que será divulgado nos próximos dias pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

Neste artigo

Participe da conversa