Dia do Escoteiro: valorizando o trabalho em equipe

Na última segunda-feira, dia 23, foi celebrado o Dia Mundial do Escoteiro. Em Santo Ângelo mais de 60 jovens participam das atividades do Grupo Medianeira, que busca incentivar...

371 0

Campanha do Agasalho 2017 (2)O mundo todo celebrou na última segunda-feira, dia 23, o Dia do Escoteiro. O movimento está representado em Santo Ângelo por mais de 60 jovens do Grupo Medianeira, que buscam construir uma cidade melhor por meio de trabalho em equipe, atividades sociais e disciplina.
O dia Mundial do Escoteiro nasceu com o objetivo de reforçar a importância deste que é o maior movimento de educação não-formal do planeta.
No Grupo Medianeira, os escoteiros aprendem a trabalhar em equipe, compartilham experiências e vivenciam uma realidade que ensina valores, respeito e ajuda ao próximo. Além disso, todos os sábados, das 14h às 17h, realizam atividades ao ar livre, participam de ações sociais, aprendem por meio de jogos e dinâmicas, de forma que mistura educação, diversão e disciplina em um único lugar.
Além das atividades, o grupo também promove e participa de eventos, como o acampamento de integração distrital, que foi realizado no último final de semana e reuniu quase 500 escoteiros do 15º distrito em Cerro Largo.
Mais informações sobre o grupo podem ser obtidas na sede, que fica na Av. Venâncio Aires, nº 1527, no Centro de Cultura, ou pelos telefones: (55) 99998-9105, (55) 99616-3569 e (55)99984-8845.

Uma data comemorada no mundo todo
A data mundial do escoteiro é celebrada em 23 de abril. O movimento foi fundado pelo britânico Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, em 1907, com o objetivo de tornar meninos cidadãos exemplar. No Brasil, a Presidência da República promulgou no dia 15 de janeiro a Lei N 13.621, que oficializa o Dia Nacional do Escotismo, a ser celebrado anualmente. O projeto proposto pelo deputado federal Otavio Leite (PSDB/RJ), que havia sido aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte em maio de 2017, foi assinado pelo Pres. Michel Temer e registrado no Diário Oficial da União.
O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento e se envolverem com a comunidade.
Os jovens são divididos conforme sua faixa etária, de 6,5 a 21 anos, para que o Programa Educativo possa ser trabalhado nas áreas de desenvolvimento físico, intelectual, social, afetivo, espiritual e de caráter. No Rio Grande do sul, está presente em 115 municípios gaúchos, com 212 grupos do escoteiros, cerca de 70% do efetivo está no interior do estado e a expectativa de crescimento é grande. Atualmente são 14 mil associados, sendo mais de dez mil jovens e quase quatro mil adultos voluntários.

Neste artigo

Participe da conversa