Cuidado com o “ligustro podre”

O ligustro (Ligustrum lucidum) é uma árvore originária da China, muito usada na arborização urbana em Santo Ângelo e pouco apreciada pela população. Uma destas árvores na Av....

146 0

IMG_7857

O ligustro (Ligustrum lucidum) é uma árvore originária da China, muito usada na arborização urbana em Santo Ângelo e pouco apreciada pela população. Uma destas árvores na Av. Salgado Filho próximo à rótula da Av. Getúlio Vargas, parece ser mais indesejada ainda. Uma placa afirma que a árvore está podre e prestes a cair. O aviso chama a atenção de quem passa no passeio público.
O ligustro tem fama de produzir excesso de frutos e causar alergia, além disso, é considerada uma planta invasora. É uma das espécies ornamentais mais difundidas no sul do Brasil, sendo amplamente utilizada na arborização urbana nas décadas de 60 e 70.
Esta espécie se desenvolve tanto em pleno sol, quanto na sobra e produz grande quantidade de sementes, por projetar muita sobra, este tipo de árvore acaba inibindo o crescimento de outras espécies e ocorre a perda de biodiversidade local.
Conforme informações divulgadas pela administração municipal no ano de 2014 existem mais de 105 mil árvores na área urbana de Santo Ângelo. Desse total, 75 % são da espécie Ligustro e estão localizadas em praças e nas principais vias do município, como nas avenidas Venâncio Aires, Getúlio Vargas, Salgado Filho e Brasil.

 

Neste artigo

Participe da conversa