Chuva torrencial acumula 225 milímetros em 48 h

Ontem entre a meia-noite e meio-dia acumulou 95 mm de chuva e nas 24 h anteriores a estação meteorológica da URI já havia registrado 130 milímetros

387 0
Água da chuva na Av. Salgado Filho em Santo Ângelo - Chuva Torrencial em junho - Foto: Marcos Demeneghi
Água da chuva na Av. Salgado Filho em Santo Ângelo – Chuva Torrencial em junho – Foto: Marcos Demeneghi

Em menos de 48 horas choveu 225 milímetros em Santo Ângelo. Na segunda-feira, dia 29, foram 130 mm e na terça entre a meia-noite e meio-dia 95 mm. As pancadas de chuvas torrenciais vieram acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de vento. O registro do volume de chuva é realizado pela estação meteorológica da URI, Campus de Santo Ângelo.

Embora o volume seja atípico para tão curto período de tempo, não evidenciou grandes problemas para o funcionamento da cidade. Uma árvore tombou na XV de Novembro e o corpo de bombeiros foi acionado em outras duas ocorrências, para atender um família residente no Bairro Piratini, onde uma árvore caiu sob a casa e também um caso de inundação em residência no Bairro Vera Cruz.

O fenômeno climático foi anunciado pela MetSul Meteorologia a qual informou que um centro de baixa pressão migrou de Noroeste para Sudeste e provocou um ciclone extratropical sobre o Atlântico que influenciou no clima em todo o Estado do Rio Grande do Sul.

O Secretário Municipal do Meio Ambiente, Francisco Medeiros, visitou locais onde ocorriam alagamentos e foram realizadas obras de drenagem pluvial e afirmou que a situação é satisfatória, Lamentou apenas a situação da Rua 25 de Julho que está em obras e o material solto escoou junto com a água da chuva.

A equipe da secretaria também removeu a árvore que tombou na XV de Novembro entre as ruas Sete de Setembro e Antonio Manoel. Um diagnóstico da equipe técnica constatou que a árvore estava com o tronco comprometido, praticamente oco, o que contribuiu com a queda.

O tronco da árvore estava comprometido - Foto: SEMA - Secretaria Municipal do Meio Ambiente
O tronco da árvore estava comprometido – Foto: SEMA – Secretaria Municipal do Meio Ambiente
Neste artigo

Participe da conversa