Anoiteceu mas não amanheceu

                Restou apenas à base de uma minibiblioteca que foi instalada no passeio público da Avenida Sagrada Família, próximo ao Centro...

388 0

Biblioteca comunitária (2) (Copy)

 

 

 

 

 

 

 

 

Comunidade do Bairro Pippi aprova a iniciativa do Projeto Leia Uma Nova História (Copy)Restou apenas à base de uma minibiblioteca que foi instalada no passeio público da Avenida Sagrada Família, próximo ao Centro Social Urbano no Bairro Pippi. Moradores das proximidades relataram que poucos dias depois de ser instalada, vândalos derrubaram a estrutura. Mesmo após ser fixada novamente, “a minibiblioteca anoiteceu, mas não amanheceu no local”.

Os moradores relatam também, que a ocorrência de vandalismo próximo ao Centro Social Uurbano tem aumentado nos últimos dias.

A minibiblioteca foi instalada por jovens de um partido político local (Juventude Progressista de Santo Ângelo). A ação tem como nome “Leia uma nova história” e tem como objetivo incentivar à leitura na comunidade de Santo Ângelo, com o acesso a literatura por meio de minibibliotecas comunitárias espalhadas pela cidade.

“Quando a pessoa avistar uma minibiblioteca comunitária, disponibilizada em pontos da cidade e gostar de algum livro, pode pegar e levar para casa. Ao terminar a leitura, deve passar adiante, compartilhar com alguém ou devolver para a minibiblioteca” frisa Dalvane Reis, responsável pelo projeto.
Essa era a primeira minibiblioteca instalada na cidade. Segundo os organizadores da iniciativa, outras estruturas estão prontas, mas aguardam a doação de livros para serem colocadas em pontos com bastante movimentação de pessoas.

A ideia foi inspirada em um projeto idealizado por Todd Bol, do Wisconsin (EUA). Todd colocou livros gratuitos em uma pequena casinha de madeira, em um tributo a sua mãe que era professora. Atualmente, a ideia está presente em 17 países, com mais de 2.000 unidades.

Neste artigo

Participe da conversa