Como ganhar dinheiro com o turismo

3ª edição do Café & Negócios terá como tema “Desenvolvimento de seu negócio e o Turismo” e abordará como os empresários podem ganhar dinheiro com o desenvolvimento do...

300 0
turismo comercial local e regional será debatido durante a 3ª edição do Café & Negócios
turismo comercial local e regional será debatido durante a 3ª edição do Café & Negócios

Na próxima segunda-feira, dia 13 de março, a ACISA estará promovendo a 3ª edição do Café & Negócios. Com o tema “Desenvolvimento de seu negócio e o Turismo”, a palestra será com o Sócio da Pousada Missões e Operadora de Turismo Caminho das Missões, José Roberto de Oliveira, que abordará como os empresários podem ganhar dinheiro com o desenvolvimento do turismo regional, direta e indiretamente.
O 3º Café & Negócios está marcado para às 8h, no Salão de Eventos da ACISA. O evento é uma oportunidade para empresários de Santo Ângelo e região compartilhar conhecimentos, trocar ideias e tomar um bom café. Os ingressos para esta edição já estão esgotados. Na oportunidade, será realizada a reinauguração das bandeiras hasteadas no prédio da ACISA de forma permanente, inclusive a bandeira Missioneira.

BANDEIRA MISSIONEIRA
A Bandeira Missioneira foi elaborada na cor avermelhada para lembrar a terra ensanguentada pelo sangue do povo missioneiro, ocorrido durante as guerras. No centro dela está a Cruz Missioneira, na cor dourada, para referendar a lembrança do Cristo ressuscitado. Deste modo, mais de um milhão de Missioneiros, distribuídos nos três países (Brasil, Argentina e Paraguai), agora têm um símbolo comum, que é a Bandeira da Nação Missioneira.
Sua criação foi inspirada no período da Guerra Guaranítica, ocorrida entre 1754 e 1756. A bandeira poderá infundir o “Orgulho de ser Missioneiro” por recordar a irmandade com os missioneiros do outro lado do rio Uruguai e do rio Paraná, ou seja, com os Argentinos e os Paraguaios.
Outro objetivo é de que a bandeira missioneira ultrapasse o pensamento que a história mais recente construiu, da visão de povos inimigos. Cada um de nós poderá refazer as ideias de Roque Gonzáles de Santa Cruz, Antônio Sepp, Sepé Tiaraju e tantos outros protagonistas da construção desta história da qual hoje ainda fazemos parte, pois assim poderemos compartilhar o sentimento de “gente de uma mesma nação”, nossa Nação Missioneira.

Neste artigo

Participe da conversa