Encontro político em Brasília

Vereadores e futuro prefeito estiveram na capital. Durante a visita expuseram demandas de Santo Ângelo a fim de garantir prioridades de investimento

240 0

brasilia_congresso_nacional_05_2007_221Jacques Barbosa, prefeito eleito de Santo Ângelo, afirmou que a partir de 12 de dezembro pretende anunciar a equipe de governo para gestão 2017/2020. Nesta semana esteve em Brasília, na tentativa de “carimbar alguma emenda parlamentar” dialogando com deputados federais. Relatou a políticos federais demandas específicas do Município, principalmente na área da saúde e buscou o entendimento sobre uma portaria prestes a ser promulgada que permitiria a flexibilização de funcionamento da UPA.
O prefeito eleito disse que está trabalhando para formar a equipe de trabalho, espera que se resolvam algumas questões técnicas que envolvem este caso e na primeira quinzena de dezembro pretende divulgar o nome de pessoas que integrarão a nova equipe de governo. A afirmativa do futuro prefeito foi ouvida na Rádio Santo Ângelo na manhã da última quinta-feira, dia 1º.
A visita em Brasília, entre outros assuntos, foi para tratar sobre o aeroporto Regional Sepé Tiarajú. Ele falou que estaria preocupado em manter o município entre as prioridades de obras do Governo Federal nos investimentos aeroportuários. Pois estão previstos investimentos em 275 aeroportos, considerados estratégicos no território nacional, portanto, Jacques pretende trabalhar para Santo Ângelo estar entre as prioridades no Rio Grande do Sul ao lado de Passo Fundo. Além das obras de readequação e ampliação da pista, prestes a serem concluídas, ainda seria possível construir um novo terminal e ampliar a área de manobras das aeronaves.
Quanto ao modelo de funcionamento da UPA depois que a possível portaria que flexibilização for promulgada, ele não quis adiantar decisão sobre o tipo de atendimento que seria prestado a população pela unidade, preferiu não emitir opinião antes da análise financeira e orçamentária da prefeitura, bem como, da nova lei que regulamentaria o funcionamento da UPA.
Jacques também relatou que em Brasília o clima estava tenso, com manifestação nas ruas por conta de aprovação de leis impopulares.

Comitiva visitou o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e o TCU

No Tribunal de Contas da União – TCU O Presidente do Legislativo de Santo Ângelo, Osvaldir Ribeiro de Souza -Vando, o prefeito eleito, Jacques Barbosa e o vereador Vinícius Makvitz estiveram no Tribunal de Contas da União – TCU, com o Ministro João Augusto Ribeiro Nardes e com o Deputado Cajar Nardes. No encontro, dentre os assuntos tratados teve destaque a situação do aeroporto de Santo Ângelo, que aguarda a segunda vistoria da ANAC para liberação de voos comerciais. Conforme informaram os edis, o término dos ajustes solicitados pela Agência Reguladora deve ocorrer até o dia 20 de dezembro. A expectativa é de que até o final de janeiro o aeródromo já esteja liberado para receber aeronaves de grande porte.
No Tribunal de Contas da União – TCU
O Presidente do Legislativo de Santo Ângelo, Osvaldir Ribeiro de Souza -Vando, o prefeito eleito, Jacques Barbosa e o vereador Vinícius Makvitz estiveram no Tribunal de Contas da União – TCU, com o Ministro João Augusto Ribeiro Nardes e com o Deputado Cajar Nardes. No encontro, dentre os assuntos tratados teve destaque a situação do aeroporto de Santo Ângelo, que aguarda a segunda vistoria da ANAC para liberação de voos comerciais. Conforme informaram os edis, o término dos ajustes solicitados pela Agência Reguladora deve ocorrer até o dia 20 de dezembro. A expectativa é de que até o final de janeiro o aeródromo já esteja liberado para receber aeronaves de grande porte.
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E AGRÁRIO As lideranças locais também estiveram reunidas com o Ministro Osmar Terra para tratar sobre o programa de crédito para micro-empreendimentos, que será implementado pelo Ministério já no próximo ano. Questões ligadas ao Programa Bolsa Família e a inclusão de Santo Ângelo no Projeto Criança Feliz, que visa dar assistência a crianças nos primeiros 1.000 dias de vida (até os 3 anos de idade) também pautaram o encontro. Em síntese, o Criança Feliz pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio completo para fazer o atendimento presencial aos filhos de beneficiários do Bolsa Família. Serão os chamados visitadores, que estarão nas casas de pessoas atendidas pelo Bolsa Família com filhos até 3 anos de idade.
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E AGRÁRIO
As lideranças locais também estiveram reunidas com o Ministro Osmar Terra para tratar sobre o programa de crédito para micro-empreendimentos, que será implementado pelo Ministério já no próximo ano. Questões ligadas ao Programa Bolsa Família e a inclusão de Santo Ângelo no Projeto Criança Feliz, que visa dar assistência a crianças nos primeiros 1.000 dias de vida (até os 3 anos de idade) também pautaram o encontro. Em síntese, o Criança Feliz pretende contratar cerca de 80 mil pessoas com ensino médio completo para fazer o atendimento presencial aos filhos de beneficiários do Bolsa Família. Serão os chamados visitadores, que estarão nas casas de pessoas atendidas pelo Bolsa Família com filhos até 3 anos de idade.

 

Neste artigo

Participe da conversa